Audiência-Pública-É-Suspensa-Por-Ausencia-Falta-de-Presidente-da-Caixa

O atual presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, se negou a comparecer à audiência pública na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara Federal.

Afinal, o profissional era esperado para discutir com entidades, representantes da sociedade civil e empregados da Caixa algumas medidas da sua gestão.

Devido à ausência injustificada, a audiência pública foi cancelada pela deputada Érika Kokay (PT/DF), que propôs o debate. Portanto, a deputada explicou que a participação do gestor havia sido confirmada com o acordo estabelecido entre a Câmara e a equipe econômica do governo.

Falta do presidente da Caixa é lamentada por parlamentares

Tudo porque Guimarães seria ouvido sobre assuntos como a privatização das áreas rentáveis e estratégicas, a exemplo das loterias; a retirada da instituição do Conselho Curador do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS); a redução do quadro de empregados da Caixa, por meio do Plano de Desligamento Voluntário (PDV) e a não convocação dos aprovados no concurso.

Publicidade

“Não dá para aceitar tamanho desrespeito ao Parlamento brasileiro pela forma como tudo aconteceu. Foi feito um acordo para o Pedro Guimarães vir aqui oferecer respostas aos questionamentos que seriam feitos em relação às políticas de enfraquecimento do banco”, declarou a parlamentar.

Por isso, a situação foi considerada lamentável pelos parlamentares que integram a Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público. “Se não existe valorização do Poder Legislativo, que está sendo desrespeitado pelo presidente da Caixa, quem irá fazer isto? A Câmara tem representação política”, questionou o deputado Bohn Gass (PT/RS).

Vice-presidentes da Caixa Compareceram a Audiência

Apesar disto, os vice-presidentes da instituição financeira estavam presentes na audiência. Por isso, os deputados Carlos Henrique Gaguim (DEM-TO) e Sanderson (PSL-RS) insistiram pela realização do debate. No entanto, a deputada do PT descartou a possibilidade.

Além dos vice-presidentes da Caixa, estavam presentes para participar da Audiência Pública o o presidente do Sindicato dos Bancários de Brasília, Kleitton Moraes, o presidente da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), Jair Pedro, o representante dos empregados da Caixa, Dionísio Reis, o economista Sérgio Mendonça e o membro da executiva do Movimento Nacional de Luta por Moradia, Marcos Landa.