Betsson multada em € 2,4 milhões por violação de marketing na Finlândia

O BML Group, uma subsidiária da Betsson AB, foi multado em € 2,4 milhões e proibido de comercializar seus serviços de jogo na Finlândia depois que o Conselho Nacional de Polícia do país decidiu que a empresa violou a Lei Finlandesa de Loterias.

De acordo com o Conselho, a subsidiária da Betsson alvejou jogadores ilegalmente na Finlândia continental com seus esforços de marketing em vários canais e mídias por um período “extenso”.

A Lei das Loterias da Finlândia afirma que apenas a Veikkaus, o monopólio do jogo do país, tem permissão para comercializar sua oferta de jogos para os consumidores finlandeses.

O Conselho disse que o grupo teve várias oportunidades de dar a sua versão dos fatos e mudar as atividades para cumprir a lei. Durante o processo de audiência, o BML Group apresentou algumas alterações que havia feito no marketing, mas o Conselho disse que o direcionamento aos jogadores finlandeses continuou.

“O Conselho da Polícia Nacional estimou que o BML tem interesse financeiro significativo em continuar as atividades e descobriu que as atividades ilegais seguiram por muito tempo, independentemente das medidas de controle anteriores do Conselho”, alegou o Conselho.

“O Conselho Nacional de Polícia analisou as medidas tomadas pela empresa para reduzir o marketing, e as mesmas foram consideradas atenuantes na determinação do valor da multa condicional”.

Proibição de marketing a subsidiária da Betsson AB

A proibição de marketing se aplica a qualquer material no site do BML da Betsson que promova direta ou indiretamente a venda de serviços de jogos na Finlândia continental.

Abrange também qualquer comunicação direcionada aos consumidores finlandeses, apresentando celebridades finlandesas em uma campanha atraente para os consumidores, podcasts direcionados à Finlândia continental e artigos publicados com o objetivo de promover serviços de jogos no país.

Além disso, o veto se aplica à comercialização de serviços do BML Group em sites que não sejam de propriedade e administrados pelo grupo.

Para cumprir a proibição, o grupo deve abster-se de publicar novos materiais de promoção de vendas direcionados à Finlândia continental em seus sites de jogos, remover todos os materiais de promoção de vendas publicados anteriormente e abster-se de marketing em outros sites.

Como parte da decisão, a subsidiária da Betsson também será adicionada à lista de bloqueios de pagamento administrados pelo Conselho Nacional de Polícia quando a proibição entrar em vigor em 3 de junho.

“Se o BML Group continuar a direcionar sua comercialização de serviços de jogos na Finlândia continental, apesar da proibição, o Conselho tomará medidas para aplicar a multa condicional imposta”, acrescentou o Conselho.