Ministerio-do-Consumidor-da-Espanha-endossa-contrato-da-SELAE-para-atrair-jovens-consumidores-para-os-jogos-de-apostas.jpg

Embora o Ministério do Consumidor espanhol tenha se mostrado uma das instituições mais duras contra o desenvolvimento da indústria de apostas, a imprensa local divulgou um contrato aprovado pelo órgão onde a State Lotteries and State Betting Company (SELAE) terá mais de 3 milhões de euros para atrair jovens jogadores.

Um dos pontos mais criticados do Decreto Real sobre Comunicações, que entrou em vigor em todo o país no ano passado – além da iminente regulamentação que será acrescentada para limitar a implantação da indústria na Espanha – é a diferença nos benefícios concedidos ao jogo público em detrimento do jogo privado.

Este novo anúncio vai nesse sentido, observando que o contrato que a SELAE assinou com a empresa de marketing ‘No Line Worldwide’, sediada em Madri, afirma que está procurando “atrair mais consumidores, especialmente jovens fãs de futebol com mais de 20 anos de idade”.

Investimento focado na segurança com os jogos de apostas

Aguardam-se agora as reações da indústria ao negócio, que verá o Ministério da Fazenda, do qual depende a SELAE, desembolsar 3 milhões de euros – de acordo com o ‘Ok Diario’ – para “construir a lealdade aos jogos de apostas, convertendo jogadores ocasionais em regulares”.

Enquanto isso, um dos argumentos mais fortes apresentados pelo Ministro do Consumo, Alberto Garzón, e pelo governo em geral é a preocupação com o crescente interesse dos jovens pelas apostas esportivas.

Tanto que Garzón recentemente pediu à Comissão Nacional do Mercado de Valores Mobiliários da Espanha (CNMV) para aprovar as emendas feitas à Lei do Jogo de 2011, sancionada pelo mesmo ministério, que enfatiza a “razão primordial de proteger a saúde pública na forma de prevenir o vício dos jogos de apostas”.

O pedido de Garzón foi bem recebido pela CNMV que considerou “evidências empíricas derivadas da análise e supervisão do mercado do jogo a nível estadual de que cada vez mais jogadores, especialmente jovens, estão participando de atividades de jogo online”.