Brasil assume o terceiro lugar no ranking mundial de jogadores de CS:GO

O Brasil conta com o terceiro maior grupo de jogadores casuais de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) no planeta. As informações anunciadas pelo Leetify e publicadas no GE indicam que o país possui 5,43% da quantia total de players do jogo, superado atualmente somente pela Rússia (11,51%) e Estados Unidos (10,71%).

Brasil ganhou uma posição no ranking de CS:GO

O levantamento também mostrou que, hoje em dia, o CS soma 14 milhões de jogadores. Em comparação com a última lista divulgada pela plataforma especializada em análises, o Brasil ganhou uma posição e assumiu o terceiro lugar. Isso porque o país estava atrás da Polônia, no último estudo realizado pelo site.

Foto: Divulgação/Leetify.

A pesquisa aponta uma superioridade significativa de países europeus. Além dos Estados Unidos e do Brasil, as únicas nações que não fazem parte do continente europeu a estar no Top 20 de mais jogadores são China, Argentina e Austrália. O crescimento dos argentinos também é expressivo, uma vez que pularam da 20ª colocação para a 13ª posição no ranking.

Mesmo contando com a terceira maior comunidade de jogadores do Counter-Strike, o Brasil não está nos primeiros lugares da lista quando se leva em conta o número de jogadores para cada um milhão de habitantes. Neste aspecto, os brasileiros estão somente no 40º lugar no ranking global. Segundo análise do Leetify, o Brasil tem 3.568 jogadores para cada 1 milhão de pessoas.

Boom das apostas nos eSports

O segmento de esportes eletrônicos está passando por um momento de crescimento sem precedentes. A 9ª edição da Pesquisa Games Brasil, estudo anual sobre o consumo de jogos no país, indica um boom no público de games no país: 74,5% da população jogou games em 2022, acréscimo de 2,5% em relação ao último ano, e também a maior marca desde o início da pesquisa.

O estudo mostra um aumento enorme do público que conhece os eSports: os jogos são reconhecidos por 81,2% do público gamer; alta de 32,8% em comparação ao último ano. Outro número importante é o de pessoas que encaram os games como sua principal fonte de entretenimento: 76,5% dos gamers acompanham essa tendência, alta de 8,5% em relação à 2021.

Sendo assim, as apostas nos eSports também dispararam nos últimos anos. Portanto, as sites de apostas estão ampliando os mercados disponíveis e aumentando a cobertura do circuito global visando atender essa demanda.