Faturamento da LaLiga com a Televisão Registrou Crescimento de 20%
Foto: LaLiga Twitter

This post is also available in: English (Inglês)

Óscar Mayo, o diretor de Desenvolvimento Internacional da LaLiga, informou recentemente que o faturamento com propaganda da televisão obteve um crescimento de 20% em comparação com a temporada passada.

A audiência internacional aumentou consideravelmente durante a pandemia do novo coronavírus, em um período no qual as partidas foram todas realizadas sem público nos estádios.

Mayo ainda anunciou que 40% da receita de propaganda veio do exterior nessa temporada 2019 – 2020. De acordo com o portal SBC Notícias, essa quantia correspondia somente a 8% do faturamento total do Campeonato Espanhol há cinco anos.

Para o próximo ciclo, a LaLiga confirmou receitas de patrocínios e publicidade em torno de 110 milhões de euros. Enquanto os direitos de exibição do jogos rendem mais de 2 bilhões de euros. Esse último ponto também cresceu consideravelmente nos últimos anos, já que equivalia a um acordo de 800 milhões de euros em 2015.

Além disso, Mayo revelou que a entidade fechou um acordo de propagada com plataforma de apostas M88 para a Ásia, a petrolífera argentina Total, Orange no Oriente Médio e na África. Bem como a LaLiga renovou um acerto já existente com a Verizon nos Estados Unidos.

O sistema atual de negócios da organização determina que o faturamento seja distribuído entre os clubes que disputam o Campeonato Espanhol.

Apesar de atingir um crescimento de 20% de verba publicitária, essa compensação não deve ser o suficiente para reequilibrar os cofres dos times, que sofreram duramente com a diminuição de ganhos devido a impossibilidade de comercializar ingressos para os jogos e outras experiências envolvendo os torcedores.

Sobre a LaLiga

A última edição da LaLiga foi concluida somente em 19 de julho em função da paralisação causada pela pandemia do novo coronavírus.

O título ficou com o Real Madrid, sendo que Barcelona, Atlético de Madrid e Sevilla também conquistaram vagas para a Liga dos Campeões. Leganés, Mallorca e Espanyol foram rebaixados.

This post is also available in: English (Inglês)