Consórcio com NGT Brasil e App7 é credenciado para realizar estudos sobre loteria de Pernambuco

A App7 Sistemas, startup nacional focada no desenvolvimento de software e soluções para setor de apostas e loterias online, fez uma parceria com a NGT Brasil, empresa de desenvolvimento de jogos voltados para a indústria mundial, para a criação de um consórcio para a realização de estudos técnico-operacional-financeiro e jurídico.

O intuito é estruturar a concessão do serviço público de operação de loteria e jogos estaduais no estado de Pernambuco.

O consórcio credenciado ainda possui a participação das empresas Feijó Advocacia, LenziAdvocacia, BetConsult, Blue Lagoon e apoio de vários players internacionais, com destaque para as plataformas AGClub7 e MarjoSports. A experiência e o vasto conhecimento do segmento de apostas local foram uma das razões essenciais para a criação desse consórcio.

“A sinergia e todo know-how compartilhado entre os participantes do nosso grupo certamente fará a diferença em nosso projeto. Com uma regulação adequada, Pernambuco tem potêncial de se tornar um dos maiores mercados de aposta do país” afirmou Elvis Lourenço, fundador da App7.

Edgar Lenzi, advogado, consultor e representante da NGT Brasil, também frisou: “Estamos muito satisfeitos por termos conseguido montar este consórcio visando apresentar o PMI no estado de Pernambuco, contando com a experiência da APP7, bem como dos demais integrantes e apoiadores, como BetNacional, MarjoSports, AGClub7, BetEsportes, além da SA Esportes, NSX e SGA.bet, e estamos confiantes de que a modelagem que defendemos seria a mais adequada para a realidade do estado”.

Mais oito empresas foram credenciadas para apresentar estudos sobre a loteria estadual

Além do consórcio composto pela NGT e APP7, foram credenciadas mais oito empresas. A lista contempla a Intralot, o Consórcio PELotto e a AM e FPA, que já estão participando de projetos em outros estados.

O tempo para entregar os relatórios se estende até 15 de setembro. Os projetos serão analisados por um comitê especial da Secretaria de Planejamento e Gestão – SEPLAG visando estabelecer o modelo ideal de operação em Pernambuco. Todas as informações sobre o processo podem ser acessadas no portal oficial de Parcerias do Governo.