Canal-de-Apostas-ao-Vivo-da-SIS-Fornecerá-Conteúdo-para-Pferdewetten

O fornecedor líder de canais múltiplos SIS (Sports Information Services) anunciou um acordo com a operadora alemã pferdewetten.de por seu inovador canal de corridas de cavalo ao vivo 24 / 7. O canal da SIS fornecerá ao operador online imagens ao vivo e dados de 27 mil corridas de cavalos por ano de mais de 130 das principais pistas de corridas do mundo.

Canal da SIS terá formato Assista e Aposte

Entregue em formato “Assista e Aposte”, o canal repassará eventos de apostas curtos e rápidos ao longo do dia, projetados para aumentar os níveis de engajamento e melhorar as receitas de apostas.

Este último acordo destaca ainda a forte demanda de operadoras em todo o mundo pelo canal de apostas ao vivo da SIS. Isso ocorre devido as suas oportunidades de apostas de alta qualidade, provando ser uma proposta atraente.

Parceria entre Pferdewetten e canal ao vivo da SIS

Pierre Hofer, diretor da pferdewetten.de, disse: “A corrida de cavalos é muito popular entre os nossos clientes e o lançamento do novo canal de apostas ao vivo do SIS aumentará muito a experiência de apostas. Estamos muito animados por oferecer este novo serviço ao vivo, que garante que possamos transmitir as corridas mais emocionantes do mundo para os apostadores regularmente e nos dá a oportunidade de expandir ainda mais o negócio.”

A diretora de venda da SIS, Sandra McWilliams, também citou a relevância deste novo trabalho em conjunto das empresas. “O lançamento do Canal Live Horse Racing Channel com a pferdewetten.de é um negócio importante para nós e estamos entusiasmados por estarmos aprimorando sua oferta on-line com nossas corridas de cavalos de alta qualidade”, frisou.

Segundo a diretora de vendas, os canais de apostas ao vivo 24/7 estão atraindo forte interesse das operadoras que buscam evoluir as ofertas existentes com eventos regulares de apostas em todas as horas do dia. “Estamos confiantes de que o canal se tornará popular entre os clientes e ajudará a impulsionar as receitas de apostas”, concluiu Sandra McWilliams.