Executivos Ingleses e Alemães Debatem Criação da Super Liga Europeia

Executivos da Premier League e da Bundesliga, da Alemanha, se interessaram pelo ousado plano da Associação Europeia de Clubes (ECA). O objetivo é expandir a Liga dos Campeões da Europa para criar uma Super Liga Europeia ainda maior.

De acordo com o presidente do Borussia Dortmund e vice-presidente da Federação Alemã de Futebol, Reinhard Ruball, disse à imprensa que a ideia da ECA poderia destruir as ligas nacionais. Para o dirigente alemão, é preciso reforçar que os campeonatos nacionais são os mais relevantes.

Ruball também afirmou que David Gill, representante da Federação Inglesa de Futebol no Comitê Executivo da UEFA, pensa da mesma forma. No entanto, o presidente do Borussia Dortmunt não fechou totalmente a porta para uma reformulação da Liga dos Campeões.

Para Ruball, é necessário reformar a competição européia quando o formato atual for aberto a possíveis mudanças em 2024. Entretanto, esse movimento de renovação e expansão visando a Super Liga Europeia deve ser realizado com cautela. “Somos tradicionalistas”, afirmou o dirigente alemão.

Publicidade

Confira a proposta de Super Liga Europeia

O plano para a criação de uma Super Liga Europeia é a formação de um torneio com 32 equipes. Esses times correriam o risco de rebaixamento, mas também teriam a chance de acesso a cada ano. De acordo com a ideia, quatro times podem cair e outros quatro podem subir de divisão a cada temporada.

A Super Liga Europeia também agrada aos clubes porque oportunizaria uma quantidade mínima de 14 partidas para cada participante. Elevando, assim, as receitas com as bilheterias e os direitos de transmissão em todas as mídias.

Conflito com as ligas nacionais

Esse novo modelo asseguraria que os times mais poderosos do Velho Continente estariam em todas as edições. Isso porque não precisariam se preocupar mais com sistema de classificação da atual Liga dos Campões através das ligas nacionais.

Outro detalhe que coloca a nova competição em rota de choque com ligas nacionais é a data dos jogos. Afinal, as partidas seriam realizadas aos finais de semana, deixando os campeonatos nacionais em segundo plano para os principais clubes da Europa.