Com-Mercado-de-Games-em-Alta,-Potencial-dos-eSports-no-Brasil-é-um-dos-Maiores-do-Mundo
Photo by BagoGames/CC BY 2.0 “eSports atraem milhares de fãs ao vivo e milhões em transmissões online”

This post is also available in: English (Inglês)

Há poucas décadas, os eSports eram uma modalidade de nicho que atraíam apenas algumas dezenas de entusiastas. Isso mudou de forma completa e o potencial dessa modalidade no Brasil é um dos mais promissores do planeta.

Do mercado de games nacional em alta até o grande número de torneios ocorrendo no país, existem diversos fatores que fazem com que os brasileiros estejam otimistas para o futuro do setor.

Origens modestas antes do crescimento explosivo

Hoje, os eSports são um dos maiores fenômenos esportivos do mundo em relação a público e geração de renda nacional e internacional, mas a interessante história do setor começou de forma modesta.

Tudo começou no Estados Unidos em 1972 quando diversos universitários da Universidade Stanford se juntaram para criar o primeiro evento de eSports da história.

Chamada de “Intergalactic Spacewar! Olympics” (Olimpíadas Intergaláticas de Spacewar), a competição contou com cerca de 20 pessoas ao todo e o vencedor solo Bruce Baumgart e a dupla vencedora Slim Tovar e Robert E. Maas ganharam cada um uma assinatura de um ano da revista Rolling Stone como prêmio.

Menos de uma década depois, a produtora Atari realizou o Space Invaders Championship (Campeonato de Space Invaders). Primeiro torneio oficial de eSports da história, o evento ajudou a aumentar a popularidade da modalidade nos EUA e contou com mais de 10 mil participantes norte-americanos.

Após esse evento, o público dos eSports cresceu de forma relativamente constante durante com cada vez mais empresas criando suas próprias competições. O próximo grande salto viria apenas após cerca de três décadas com o lançamento da plataforma Twitch – em 2011.

Através do Twitch, fãs de todo o planeta puderam começar a acompanhar seus torneios e jogadores favoritos e a plataforma se tornou o principal ponto de encontro global de centenas de milhões de entusiastas, tendo inclusive sido comprada pela Amazon em 2014 após uma negociação de 970 milhões de dólares.

Além disso, os números das visualizações globais das transmissões começaram a despertar o potencial de diversas regiões e diversos novos fatores estão fazendo com que o número de fãs de eSports cresça cada vez mais.

Photo by Lyncconf Games/CC BY 2.0 “Com mercado de games em alta, o número de atletas e de potenciais competidores não para de crescer”

Possibilidade de crescimento impulsionada por mercado de games e diversos torneios

Aparte dos números de visualizações do Twitch no Brasil, que não param de crescer e demonstram o interesse da população nacional em jogos, outros fatores mostram o crescimento do número de entusiastas aqui são o mercado nacional de games e o número de torneios em território brasileiro.

De acordo com dados da consultoria PwC apresentados na sua 19ª Pesquisa Global de Entretenimento e divulgados pela revista Exame, o mercado de games nacional deve crescer a uma média de 5,3% até 2022.

Em 2019, o setor de games no país faturou mais de 1,5 bilhão de dólares, sendo o 13º na escala global e líder da América Latina. Assim como no mercado internacional, o maior destaque no mercado nacional é o setor de jogos mobile e a projeção de faturamento para eles em 2022 está em 878 milhões de dólares.

Somando jogos de console e PCs aos jogos mobile, o faturamento total dos jogos digitais no Brasil para 2022 está estimado em mais de 1,75 bilhão de dólares, um crescimento de mais de 250 milhões de dólares.

O segundo dado animador em relação ao mercado brasileiro foi divulgado através do 2º Censo da Indústria Brasileira de Jogos Digitais, estudo que identificou mais de 375 desenvolvedoras de jogos digitais no país em 2020, um número que representa um crescimento de mais de 180% em relação a primeira edição do censo, que havia sido realizada em 2014.

Os torneios nacionais também estão em franca ascensão: o Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) é um dos maiores do mundo e o título da competição, que também define quem representará o país no Mundial de League of Legends. O torneio atrai milhares de competidores presentes em cada um dos eventos e milhões de fãs também por meio das transmissões oficiais.

Inclusive, uma das equipes brasileiras de maior destaque é patrocinada pelo Flamengo e cada vez mais times de futebol tem se voltado para os esportes digitais com times próprios.

Como não poderia ser diferente, o campeonato nacional de Free Fire, um dos jogos mobile mais populares no país e no mundo, também tem conquistado cada vez mais destaque e deve crescer mais nos próximos anos.

Além dessas competições, torneios nacionais de PES e Fifa, Counter-Strike e Rainbow Six crescem cada vez mais em número de participantes e entusiastas, que acompanham as partidas de suas casas. Além disso, o público nacional também conta com transmissões de torneios internacionais em redes tradicionais.

Futuro do eSport no país promete – apostas devem crescer junto

Com todos esses indicadores positivos, que vão do interesse nacional por games até o entusiasmo em relação a competições nacionais e internacionais, o futuro dos eSports no Brasil é bem promissor e podemos dizer que nosso país está entre os que mais terá crescimento no mundo.

As diversas empresas de apostas esportivas estão focando cada vez mais no país com seus diversos produtos e os fãs brasileiros devem contar com cada vez mais opções para acompanhar seus eSports favoritos nos próximos anos.

This post is also available in: English (Inglês)