Futebol do Campinense pode ser administrado por Grupo de apostas esportivas

A MixBet já tem um acerto com o clube e sua marca já está estampada no lugar do patrocinador máster até 2020.

Publicado em
 
Futebol do Campinense pode ser administrado por Grupo de apostas esportivas

Grupo encabeçado pelo empresário José Duarte está interessado em assumir a terceirização da gestão do futebol do Campinense, time que atualmente lidera o Grupo B do Campeonato Paraibano.

A MixBet já tem um acerto com o clube e sua marca já está estampada no lugar do patrocinador máster do clube até 2020.

Porém, falta ainda a aprovação do conselho deliberativo do clube votar a proposta e a tendência é de que essa parceria de gestão seja aprovada.

A parceria poderia ajudar o clube a sair de uma grave crise financeira, que atrasa salário de jogadores e comissão técnica.

Conversas diárias entre os dirigentes e o grupo de empresários indicam que realmente o Campinense pode ter uma gestão “clube-empresa”.

José Duarte, empresário com atuação em diversas áreas, inclusive participação no site de apostas esportivas MixBet (site que não apresenta licença do Governo para operar).

O clube de Campina Grande já tem dois patrocínios do empresário. Além do site, uma empresa de lavanderia ecológica para automóveis, também de José Duarte, patrocina o clube.

Futebol do Campinense pode ser administrado por Grupo de apostas esportivas

Além de ocupar o lugar mais caro da camisa do Campinense, o contrato com a MixBet prevê também a exposição da marca no banner de entrevistas, nas partes internas e externas do estádio Renatão, placa no estádio Amigão nos jogos do Campinense como mandante no Campeonato Paraibano e Campeonato Brasileiro, além de publicidade nas mídias oficiais do clube.

Em outra reunião com o Conselho Deliberativo, o grupo de empresários iniciou, junto com uma comissão de conselheiros e funcionários do clube, um levantamento sobre dívidas e obrigações da Raposa.

O objetivo do Grupo é levantar todas as dívidas e pendências do clube. Com os números em mãos, os empresários apresentarão uma proposta de investimento e contrato, com detalhes sobre os respectivos percentuais na captação das receitas.

A partir dessa proposta, o Conselho Deliberativo do Campinense votará se a parceria será fechada ou não.