Entain anuncia receita abaixo do esperado no Brasil no segundo trimestre

A CEO da Entain, Jette Nygaard-Andersen, detalhou os desafios enfrentados pela Entain no mercado brasileiro, uma vez que a taxa de crescimento da empresa diminuiu no segundo trimestre deste ano. Lembrando que o Brasil está atualmente buscando garantias para todos os operadores que pagam impostos locais.

Apesar desse revés, a Entain ainda teve um aumento de 26% na Receita Líquida de Jogos (NGR) no mesmo período. A CEO do grupo avalia que este é um mero obstáculo e não uma preocupação séria para suas operações no lucrativo mercado latino-americano. “Continuamos a liderar esse mercado e continuamos muito animados com as perspectivas de longo prazo do país”.

As casas de apostas Sportingbet e Betboo da Entain têm tido um desempenho forte no Brasil há anos. A empresa antecipou o aumento da concorrência por sua posição como a maior entidade de apostas esportivas do país antes da regulamentação.  

Jette Nygaard-Andersen afirmou: “No Brasil, o segundo trimestre ainda foi de impressionantes 26%, mas ainda assim foi menor do que esperávamos. Isso resulta em aproximadamente um a dois pontos percentuais de queda em relação às nossas expectativas anteriores”.

O aumento da concorrência combinado com o impacto da Covid-19 levou a esse desempenho abaixo do esperado para a Entain no segundo trimestre. A executiva complementou: “embora os impactos macroeconômicos sejam cíclicos, achamos prudente assumir que eles persistem ao longo do ano”.

De fato, a Entain identificou a Europa como um mercado em que a empresa precisa direcionar mais esforços atualmente. Em compensação, o diretor financeiro e vice-presidente da Entain, Rob Wood, acredita que o Brasil e a Austrália são os dois mercados mais fortes e estáveis da empresa ​​neste momento.

CEO da Entain não acredita que regulamentação sairá antes de outubro no Brasil  

Jette Nygaard-Andersen afirmou que não espera que o processo de regulamentação seja finalizado antes de outubro no Brasil, mas está animada para que entre em vigor. “Estamos ansiosos para que a regulamentação realmente aconteça porque somos a número um no mercado, o que obviamente é um benefício para nós quando se trata de crescimento de mercado e marketing”.