Paf Diminui Limite de Perda de Clientes Pelo Terceiro Ano Seguido

This post is also available in: English (Inglês)

Com sede nas Ilhas Aland, a empresa de jogos Paf declarou que vai diminuir o limite de perda dos jogadores por ano em cerca de 5 mil euros. Sendo assim, o limite deve cair para 20 mil euros. A medida está sendo tomada pelo terceiro ano seguido.

A gestão da Paf está seguindo a política de atendimento ao cliente, destacando a intenção em estar na vanguarda da indústria de jogos online visando padrões com responsabilidade social.

No ano de 2018, o CEO Christer Fahlstedt e CRO Daniela Johansson estabeleceram o primeiro limite de perda para jogadores em cerca de 30 mil euros por ano.

O teto foi colocado a partir de uma remodelagem de toda a empresa, que dividiu as decisões de liderança entre o CEO e o novo cargo de Chief Responsibility Officer (CRO). 

Paf comemora resultados de suas novas diretrizes

Diminuindo os limites de perda individuais por ano, a Paf acredita que a diretiva registrará uma queda nas suas receitas entre dois a três milhões de euros.

Apesar disso, a companhia declarou que o processo operacional seguirá com lucro efetivo, como aconteceu no ano passado. Em 2019, a empresa teve um crescimento de 4% nos lucros, chegando a € 26 milhões. 

“Estamos orgulhosos por termos conseguido reduzir nosso limite de perdas em até um terço em apenas dois anos. Vemos que nosso limite impede efetivamente jogadores que gastam muito e evita as tragédias pessoais que podem ocorrer quando grandes quantias são perdidas”, declarou Christer Fahlstedt.

Ele continou: “a Paf reduziu ainda mais o limite de perda para mostrar que é possível sobreviver como uma empresa de jogos sem a renda dos maiores jogadores”.

No mês de abril, a Paf anunciou que optou por guardar cerca 40 milhões de euros em dividendos, a fim de repassa-los a projetos sociais para “aliviar os efeitos negativos do coronavírus”.

This post is also available in: English (Inglês)