Ubisoft Dará Suporte ao Blockchain UOS da Ultra

A plataforma de distribuição de jogos Ultra anunciou que a Ubisoft se tornou a primeira grande empresa de jogos a reforçar seu blockchain UOS, como produtor corporativo de blocos, durante um período de teste na rede.

Os produtores de blocos fornecerão a infraestrutura para validar as transações que acontecem na blockchain da Ultra. Essas transações incluirão, por exemplo, criação de ativos no jogo, transferências de propriedade entre jogadores ou pagamentos.

A data de lançamento da rede principal da Ultra blockchain deve ser anunciada em breve. A Ubisoft começará a contribuir para a testnet antes do final do ano e, se for bem-sucedida, fará parte da equipe de lançamento da Mainnet.

“Como a Ubisoft já é líder na indústria de jogos e mostra comprometimento em sondar a blockchain como uma tecnologia viável para jogos, estamos muito animados por anunciar nossa primeira cooperação desse tipo com eles. O rico portfólio de marcas de renome mundial da Ubisoft, incluindo Assassin’s Creed, Just Dance e Far Cry, é um testemunho de sua dedicação em criar conteúdo de qualidade para todos, e a dedicação de anos em explorar a tecnologia blockchain garante que eles tenham o conhecimento e as habilidades necessárias para excelentes produtores de blocos”, disse Nicolas Gilot, fundador e co-CEO da Ultra.

Já o diretor da Iniciativa Blockchain da Ubisoft, Nicolas Pouard deu mais detalhes sobre o trabalho em parceria. “Nossa equipe do Strategic Innovation Lab acredita firmemente que todos os casos de uso de Blockchain que agregam valor aos jogadores são importantes para apoiar, e o Ultra oferece uma solução que faz exatamente isso. Durante esse primeiro período experimental de colaboração, esperamos ajudá-los a aumentar sua escala e experimentar as possibilidades que isso abre para a indústria”.

Objetivo da Ubisoft

Além disso, Gilot comentou que objetivo da companhia é causar impacto na indústria de jogos. “Estamos em uma missão para abalar a indústria de jogos, colocando o poder de volta nas mãos de desenvolvedores e jogadores. Estamos preparando o caminho para uma plataforma de publicação de jogos de primeira classe e não poderíamos fazê-lo sem o apoio de empresas como a Ubisoft”, concluiu Gilot.