Após Lançar Canal no Youtube, Bilionário Japonês Oferece Cheque para Seguidores

Afim de se "Reintegrar" no Mercado, Kazuo Okada ofecere Cheque de US$ 890 mil para seguidores.

Publicado em  Atualizado em 16/03/2019 às 9h35. por

Ele pode ter 77 anos, mas Kazuo Okada está tentando mostrar que nunca é tarde demais para ficar “na moda”.

O magnata do cassino, que passou os últimos anos tentando recuperar o controle da empresa da qual foi removido à força, agora está se voltando para a mídia social em uma tentativa de obter apoio para sua batalha.

Ele lançou uma conta no Twitter e no YouTube e está supostamente pronto para dar à um de seus seguidores, um cheque de JPY 100 milhões (equivalente a US$ 890 mil).

Okada lançou seu canal no YouTube em 13 de março. Em um vídeo extremamente elaborado, ele afirma ameaçadoramente “Eu voltarei”, ao melhor estilo Arnold Schwarzenegger em “O Exterminador do Futuro”, áudio que preenche o ambiente do vídeo.

Ele é visto segurando o cheque e afirma que, no final, será dado a um de seus seguidores. Okada não entrou em detalhes sobre o cenário em torno do cheque, afirmando apenas que mais detalhes serão divulgados em vídeos futuros.

A estratégia de marketing teria sido criada para “comprar” um grande número de seguidores. Okada agora também está ativo no Twitter. Ele vem fornecendo atualizações freqüentes para sua nova conta, detalhando o drama de novela e saga em curso enquanto ele luta para recuperar sua empresa.

Em um tweet, ele deixou escapar um segredo por trás do cheque de US$ 890.000, afirmando que ele só será concedido se puder sentar-se novamente no trono de sua antiga companhia.

Ele acrescenta: “Por favor, ajudem-me para que eu possa realizar a minha reintegração!” Okada foi demitido da empresa Okada Holdings em 2017, depois que o conselho chegou à conclusão de que ele havia tomado certas liberdades com os fundos da empresa e fez vários negócios obscuros que foram criados para alinhar seus próprios bolsos.

Desde então, tem havido uma batalha contínua entre Okada, a empresa e até mesmo sua própria família. Ele também foi preso e teve que comparecer ao tribunal em dois países separados, mas ainda não foi considerado culpado de qualquer irregularidade.

O septuagenário não desistiu da batalha, apesar de dois de seus filhos terem se voltado contra ele. Ele ainda está esperançoso de que será capaz de recuperar sua empresa e, em uma entrevista com o Shuukan Post esta semana, afirmou que está planejando construir “dois cassinos na Ásia”.

Kazuo Okada é um empresário bilionário japonês, conhecido por colecionar obras de arte. Okada foi anteriormente um executivo da Wynn Resorts, e mais tarde foi o presidente da Universal Entertainment Corporation, até sua saída em 2017.