Vivagol Prepara Entrada no Brasil com Aposta no Público Jovem

Samantha Asensi, Country Manager da Vivagol em Entrevista Exclusiva Sobre o Lançamento do Site no Brasil

Publicado em
 Atualizado em 17/04/2019 às 8h38.
 
Vivagol Brasil

A redação da iGaming Brazil conversou com Samantha Asensi, Country Manager para América Latina e que está liderando o lançamento do Vivagol, um site de aposta esportiva e cassino online que chegará em breve ao Brasil.

Samantha Asensi
Samantha Asensi

O grupo já opera o site de apostas e cassino online Bet.pt, um dos pioneiros no mercado português desde a regulamentação, lançado há cerca de 2 anos e que é um sucesso tremendo no país.

Em uma entrevista exclusiva para a iGaming Brazil, Samantha nos contou alguns planos para o lançamento do Vivagol no Brasil e abordamos também tópicos a respeito da América Latina em geral que não é um mercado descartado por completamente, mas que ficará em segundo ou terceiro plano por enquanto.

Leia a Entrevista Sobre Vivagol no Brasil

iGaming Brazil: Quando você imagina que o site Vivagol poderá ser lançado no Brasil?

Samantha: Estamos nos preparativos finais para o lançamento do Vivagol. Estamos trabalhando arduamente há cerca de um ano para lançar uma marca cem por cento brasileira para se destacar e se diferenciar neste mercado que está cada vez mais competitivo. Estamos bem satisfeitos com o nosso trabalho e acreditamos que o Vivagol vai atrair o público desejado porque vamos falar na linguagem do país. Além disso, vamos seguir na contracorrente dos atuais sites de apostas. Não vamos ter aquela interface sisuda, sem graça, quase monocromática. Como a nossa marca vai ser colorida, jovem, dinâmica e alegre, o site também vai seguir o mesmo visual.

iGaming Brazil: O site pretende investir na cobertura de aposta em eSports para capturar a audiência mais jovem?

Samantha: Sim! eSports vai fazer da ampla gama de esportes oferecidos pelo Vivagol, mesmo porque essa modalidade esportiva atrai uma fatia generosa do público-alvo que queremos: um público jovem. Digamos que queremos abraçar a nova geração de apostadores, e isso inclui os fãs de eSports. Porém, também vamos investir nos apostadores que amam futebol, vôlei, tênis, assim como outros esportes. Como disse anteriormente, nossa marca vai ser leve, jovial e vibrante, para atrair justamente esse público. O que queremos é que a pessoa acesse o Vivagol e diga: “Uau, é aqui que eu vou jogar! Aqui eu me sinto em casa”. É como se você estivesse jogando com um amigo, entende? Por exemplo, você quer apostar e não entende muito do assunto. O Vivagol vai ser aquele site que você vai visitar com o seu amigo para conversar sobre futebol e se divertir.

iGaming Brazil: A equipe conta com brasileiros nativos para auxiliar na tropicalização da operação ou aproveitará a atual equipe portuguesa?

Samantha: O Vivagol tem o seu próprio time de brasileiros nativos que estão trabalhando com muita vontade e afinco. Designers, produtores de conteúdo, de mídias sociais, profissionais de atendimento ao cliente, e até mesmo a parte técnica e operacional tem brasileiros envolvidos e focados no lançamento desse lindo projeto. E isso é muito importante: se vamos criar uma marca 100% brasileira e 100% voltada para o público do Brasil, é essencial que a nossa equipe seja formada por nativos daquele país. Inclusive, nossos colegas portugueses fizeram questão disso e estão bem contentes com o resultado.

iGaming Brazil: Algumas marcas ao chegarem no Brasil promovem sua presença com fortes campanhas de branding, divulgando a marca a qualquer custo. Há planos de patrocinar algum time de futebol brasileiro?

Samantha: Temos planos diferentes para o branding do Vivagol. Como mencionado acima, nosso foco são os apostadores jovens e dinâmicos, que procuram o nosso site para passar um tempo com os amigos e se divertir dentre as diversas opções de entretenimento. A equipe do Vivagol é formada por profissionais brasileiros apaixonados pelo que estão fazendo, mas também estamos trabalhando com uma ótima agência local, e eles estão bastante dedicados no projeto. São pessoas qualificadas, com um forte background profissional na área de esportes e que sabem como dialogar com o público-alvo que queremos.

iGaming Brazil: Haverá programa de afiliação e incentivo para novos afiliados optarem migrar para a plataforma de vocês? Se caso houver o programa de afiliação, este será independente da Bet.pt?

Samantha: Sim, nós teremos nosso programa de afiliação, mas estamos desenvolvendo um programa do Vivagol, assim como uma nova plataforma, porque nossa marca vai ser bem diferente da bet.pt, que é focada na audiência portuguesa. Estamos desenvolvendo tudo totalmente direcionado aos brasileiros: materiais de marketing, bônus de boas-vindas, dicas, promoções, etc.

iGaming Brazil: Há planos para entrar em outros mercados Latino-Americanos além do Brasil?

Samantha:O Brasil foi um passo natural para a nossa empresa, por isso decidimos investir no país. O mercado latino-americano também é interessante e bastante promissor. A Colômbia, por exemplo, faz parte dos nossos planos, mas no momento nossa prioridade é colocar o Vivagol no mapa latino-americano, e, claro, torná-lo referência no Brasil. É por isso que queremos ir além de uma casa de apostas. Muitas empresas decidem abrir um site de apostas para o Brasil, mas não falam a língua do país. Não é apenas traduzir. É se envolver, mergulhar na paixão dos brasileiros por esportes e mostrar a eles: aqui você está em casa. Aqui você aposta, se diverte, aprende, e ganha, é claro. Com o nosso aprendizado adquirido com esse novo projeto, podemos sim desbravar a América Latina, mas o Brasil agora é a nossa prioridade.