Novas apostas serão facilitadas com inclusão de QR Code nos bilhetes das Loterias Caixa
Foto: Arquivo / Agência Brasil

Os códigos de barras dos bilhetes de apostas emitidos pelas agências lotéricas de todo o Brasil estão sendo trocados por QR Codes nos últimos dias. A modificação contempla todas as modalidades de jogos organizadas pela Caixa Econômica Federal e oportuniza que os apostadores realizem novamente os seus jogos, sem a necessidade de preencher os números selecionados nos volantes.

Tudo o que o jogador precisa fazer é apresentar o QR Code do recibo ao atendente da lotérica. A nova aposta é gerada imediatamente. A intenção, de acordo com a instituição financeira, é assegurar maior praticidade no atendimento ao público, diminuindo também a utilização de bilhetes de papel.

Ainda segundo a Caixa Econômica, o novo QR Code permite ao jogador checar no aplicativo Loterias Caixa se o bilhete foi premiado no último sorteio. Para ver o resultado, e só acessar no menu o item ‘Conferir bilhetes’.

Caso a aposta esteja premiada, o jogador poderá solicitar o valor em qualquer unidade lotérica, se a quantia obtida não superar R$ 1.903,98. Ao ultrapassar esse valor, o apostador precisa buscar por uma agência da Caixa Econômica Federal.

Loterias Caixa completaram 60 anos

No dia 15 de setembro, as Loterias Caixa — responsável pela realização de apostas em loteria e outras modalidades — completaram 60 anos com grandes perspectivas para as próximas décadas, traçando metas e projeções positivas, principalmente nas questões relacionadas às políticas de inclusão.

Somente no último mês de julho, o valor de R$ 730.555,00 foi repassado para diversos projetos de cunho social. Abaixo alguns valores destinados e os respectivos segmentos:

R$ 145.628,00 para segurança pública;

R$ 132.599,00 revertidos à iniciativas do esporte;

R$ 27.696,00 para projetos voltados para educação, dentre outras.

Com a tendência de crescimento das Loterias no Brasil, o papel social dessas iniciativas ganhará tração. Estes repasses a projetos sociais são assegurados pela legislação brasileira.