Britânico fatura maior premiação da história da EuroMillions e fatura R$ 1,1 bilhão

Quem nunca sonhou em embolsar uma bolada da noite para o dia? Um jogador do Reino Unido conseguiu essa façanha! Isso porque o Reino Unido promoveu o sorteio da maior premiação da loteria EuroMillions da história: 184 milhões de libras, aproximadamente R$ 1,1 bilhão na cotação atual.

O ganhador se apresentou à EuroMillions para receber na última quarta-feira, 11 de maio, de acordo com informações divulgada pelo jornal ‘Metro’. O nome do vencedor deve permanecer em sigilo, acompanhando as regras do governo local.

O novo milionário do Reino Unido selecionou as seguintes dezenas: 3, 25, 27, 28 e 29 e os números 4 e 9 no jogo. Todos os números escolhidos foram sorteados, fazendo com que o britânico ganhasse toda a premiação.

“Que noite incrível para um portador de bilhete do Reino Unido que ganhou o prêmio de 184 milhões de libras. Ele se tornará o maior vencedor da Loteria Nacional do Reino Unido”, anunciou Andy Carter, consultor sênior dos vencedores da EuroMillions.

Loteria não registrava um ganhador de uma bolada tão alta desde 2019

Conforme o Yahoo! Finanças, essa é a maior premiação da EuroMillions destinado a um britânico na história. No Reino Unido, o serviço lotérico, que opera em diversos países do continente europeu, é administrado pela National Lottery.

Desde 2019, a loteria do Reino Unido não contava com um ganhador com uma quantia tão elevada. Quando isso ocorreu, os britânicos sortearam £ 170 milhões (R$ 855 milhões, na época). Recentemente, a ganhadora desse valor admitiu ter se transformado em um ‘viciada’ em ajudar pessoas e afirma ter doado metade do seu prêmio.

Sobre a EuroMillions

A EuroMillions é uma loteria jogada em alguns países europeus. Foi lançada no dia 7 de fevereiro de 2004. O primeiro sorteio ocorreu em Paris, no dia 13 de fevereiro de 2004.

Inicialmente, os países que integravam esta loteria eram o Reino Unido, França e Espanha, mas a partir de outubro de 2004, o grupo cresceu, com a inclusão da Áustria, Bélgica, Irlanda, Luxemburgo, Portugal e Suíça.