FDJ tem segundo semestre forte e equilibra volume de negócios em 2020

A gigante francesa do jogo, La Française des Jeux (FDJ) relatou que os bons resultados no segundo semestre de 2020 ajudaram a limitar as quedas no volume de negócios e receita – e ficar no lucro – no ano.

Depois que a empresa relatou um declínio de 18,4% no faturamento no primeiro semestre do ano, as vendas da loteria e jogos em apostas esportivas aumentaram 2,8% nos seis meses seguintes até 31 de dezembro de 2020.

Isso ajudou a FDJ a gerar receita de € 15,96 bilhões no ano, embora represente uma queda de 6,8% em comparação com o total ajustado de € 17,13 bilhões de 2019.

Os números de 2019 foram ajustados para refletir o novo quadro fiscal e regulatório da França, os resultados totais do Sporting Group e as despesas relacionadas à oferta pública inicial da FDJ.

A FDJ também frisou disse que o crescimento nas vendas de loterias online compensou parcialmente o declínio na atividade nos pontos de venda, que foi significativo no primeiro semestre, já que a França entrou em uma primeira quarentena a partir de 12 de março.

Depois que a situação foi amenizada em junho, a atividade melhorou, embora uma nova ordem de restrição tenha ocorrido em 30 de outubro. Ao longo do ano, o volume de negócios da loteria online contabilizou € 1,10 bilhão, quase 9% de todas as apostas da vertical.

Dados de apostas esportivas

As apostas esportivas, por sua vez, registraram queda de 10% com € 3,19 bilhões, gerada sobretudo pela suspensão de quase todas as atividades esportivas entre março e maio.

A empresa salientou também a migração dos clientes para online, auxiliada pelo lançamento do novo site Parions Sport En Ligne da FDJ e dos jogos Loto Foot 8 e 12. No total, as apostas online da FDJ representaram 80% da modalidade, em comparação com 70% em 2019.

“2020 foi um ano sem precedentes, durante o qual a FDJ demonstrou resiliência e solidariedade. A crise da saúde teve um impacto particularmente forte em nossos negócios no primeiro semestre”, disse a presidente-executiva da operadora, Stéphane Pallez.

Ela acrescentou: “Mas a recuperação no segundo semestre, aliada à capacidade de resposta do grupo e à relevante estratégia digital, nos permitiu preservar a nossa performance e resultados anuais”.

Ao longo do ano, os clientes da FDJ ganharam € 10,85 bilhões, deixando a receita bruta em € 5,11 bilhões, uma queda de 6,4%. Já que € 3,24 bilhões da operadora foram para taxas públicas, incluindo pagamentos de direitos de apostas esportivas e loteria.

Todavia, os bloqueios no início e no final de 2020 reduziram os custos, auxiliados pelos esforços para diminuir despesas à medida que FDJ procurava mitigar o impacto da Covid-19. Isto gerou um lucro operacional não recorrente que cresceu 28,8%, ficando em € 324,7 milhões.

Perspectivas da FDJ para 2021

A longo prazo, a FDJ está focada em oferecer uma experiência cada vez mais global e fortalecer sua posição de liderança no mercado de apostas francês. “As incertezas persistem para 2021”.

A presidente da FDJ salientou: “Para a loteria, os lançamentos estão planejados para vários jogos instantâneos, enquanto mais de dez eventos promovendo jackpots especiais de Loto e Euromilhões irão apimentar o ano”.

Ela concluiu: “A expansão da oferta de jogos de loteria online continuará, com experiências inovadoras e mais ricas. Além disso, as apostas esportivas irão se beneficiar da EuroCopa e dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio, que irão animar o calendário de eventos deste ano”.