Lotex Pode Receber Proposta no Prazo Final

O único consórcio interessado é o IGT/Scientific Games, que fará uma oferta.

Publicado em
 
Lotex Pode Receber Proposta no Prazo Final

Ficou para essa segunda-feira (27) o prazo final, que antes era quinta-feira (23), para a entrega das propostas de interessados em participar do leilão da Lotex.

Dessa forma, a Comissão de Outorga alterou novamente o prazo para às 14h de hoje.

O único consórcio interessado é o IGT/Scientific Games, que fará uma oferta.

Existe a possibilidade de entrega na B3 (Bolsa de Valores) para a Comissão de Outorga do BNDES da garantia da proposta, proposta econômica escrita e os documentos de qualificação do consórcio das empresas interessadas em participar do leilão da Lotex.

Dionísio Reis (coordenador da CEE/Caixa)

“O governo quer entregar a todo custo a Lotex e tem pressa para isso. Foi esse desespero que o levou a não adiar novamente o leilão, que já havia sido adiado por seis vezes”.

“Como apareceu ao menos um interessado, mantiveram a data e só ampliaram o prazo para apresentação de propostas”.

“Certamente, a entrega da Lotex é prejudicial ao país e esse desespero pode levar ao arremate pelo preço mínimo”.

A arrecadação das loterias operadas exclusivamente pela Caixa, em 2018 chegou à R$ 13,9 bilhões.

Desse valor, R$ 5,2 bilhões (37,4% do total) foram transferidos para programas sociais do governo federal.

Distribuídos em seguridade social, bem como, esporte, cultura, segurança pública, educação e saúde.

“Esses investimentos estão ameaçados por um governo privatista que, começando pela Lotex, cujo edital já prevê corte nos repasses de verbas para programas sociais, assim, pretende entregar a operação das loterias de mão beijada para multinacionais”.

“Mais grave que o leilão da Lotex é o fato do governo federal estar preparando a privatização da operação das loterias”, finaliza Dionísio.

A primeira tentativa de realizar o leilão da Lotex foi em julho de 2018, mas não houve interessado.

A disputa, então, foi postergada para o final de novembro, depois para fevereiro, março, abril e maio deste ano.