Organizadora da Meia Maratona de SP teme saída da Caixa

Publicado em
 

Marcada para o dia 17 de fevereiro, a tradicional Meia Maratona de São Paulo ainda contará com o patrocínio da Caixa. A empresa Yescom, organizadora da prova, teme que a parceira de 15 anos saia dos eventos da agência.

Thadeu Kassabian, dono da agência, em entrevista ao “Valor Econômico”, comentou sobre o fim da parceria. “Eu só tenho a agradecer à Caixa, que foi uma ótima parceira esses anos todos. Como empresário e como cidadão, entendo o movimento deles. A mim cabe apresentar projetos e mostrar para a Caixa porque é interessante para ela patrocinar os eventos da Yescom”, diz Kassabian.

Com 150 contratos vigentes para eventos esportivos, cerca de um terço não chegam a R$ 20 mil. Mesmo com a redução nos investimentos em 2018, a Caixa continuou sendo a principal patrocinadora dos esportes amadores e profissionais no país.

As principais corridas do país continuam com o patrocínio do banco estatal (exceto a São Silvestre). Em São Paulo, com a “Cidade de São Paulo” (R$ 80 mil) e a “Meia Maratona” (R$ 250 mil), no Rio, com a “Maratona do Rio” (R$ 1,4 milhão) e em Belo Horizonte, com a “Volta da Pampulha” (R$ 200 mil).

Para Thadeu, uma eventual saída da Caixa, traria impactos diretos nos esportes de rua e atletismo do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Adicione seu comentário
Digite seu nome aqui