BetConstruct consegue restabelecer a licença da Vivaro na Suécia

A subsidiária B2C europeia da BetConstruct, Vivaro Gaming, ganhou o recurso do Tribunal Administrativo da Suécia para ter sua licença de jogo online restabelecida. No mês passado, o Vivaro teve sua licença revogada pela inspetoria de jogos sueca Spelinspektionen, que determinou que a operadora não estava ativa no mercado.

Citando que as contas da Vivaro não registraram receita no ano passado, a Spelinspektionen anulou a licença por falha no lançamento de seus serviços B2C com um período de 12 meses para garantir a sua aprovação de jogos online – de acordo com as leis reformadas do Gambling Act.

Enquanto a BetConstruct tomou medidas imediatas à revogação da licença de Spelinspektionen, afirmando que o atraso de Vivaro foi devido às complicações imprevistas durante a pandemia de coronavírus que impactou as suas operações na Armênia.

Além disso, um ano turbulento de 2020 resultou na força de trabalho armênia da BetConstruct afetada pelo conflito com o vizinho Azerbaijão – com 50 funcionários chamados para apoiar as forças armadas da Armênia. 

A BetConstruct declarou ainda que informou a Spelinspektionen que lançaria a oferta B2C sueca da Vivaro ainda em 2021. Além disso, o grupo de tecnologia sublinhou que tinha feito acordos especiais e realizado recursos dedicados para lançar efetivamente no mercado de jogos online regulamentado da Suécia.

Tribunal Administrativo da Suécia aceitou justificativas apresentadas pela BetConstruct

Analisando o recurso da Vivaro, o Tribunal Administrativo da Suécia julgou que a anulação da licença pela Spelinspektionen foi uma “medida desproporcional”, uma vez que a BetConstruct informou o regulador de suas circunstâncias extremas.

“O Tribunal Administrativo considerou que era mais razoável dar à empresa a oportunidade de iniciar o negócio de jogos do que revogar a licença da empresa. O Tribunal Administrativo, portanto, mudou a decisão de Spelinspektionen e, em vez disso, emitiu um aviso à empresa”, consta na nota oficial.