Fifa Bane Presidente do Olimpia por Caso de Manipulação de Resultados
Foto: Presidente do Olimpia, Marco Trovato. Foto: YouTube Olimpia Media

This post is also available in: English (Inglês)

O presidente do time paraguaio Olimpia, Marco Trovato foi punido pela Comissão Disciplinar da FIFA nesta segunda-feira, 28. Em novembro do ano passado, ele foi publicamente acusado de manipulação de resultados no futebol.

Decisão da FIFA

Além de considerar o dirigente culpado, a entidade declarou que ele “falhou em cumprir com seu dever de colaborar com o processo disciplinar em violação ao Código Disciplinar da FIFA”. Sendo assim, a punição foi de banimento permanente de qualquer atividade referente ao futebol.

Além disso, ele terá de pagar uma multa de cerca de 100 mil francos suíços (R$ 600 mil reais na cotação atual. De acordo com a nota oficial da FIFA, Trovato tem dez dias para entrar com recurso ao Comitê de Apelação da FIFA. Caso não recorra, a resolução será oficialmente publicada no site da instituição na parte de legal compliance.

O caso envolvendo Marco Trovato

No final de 2019, o jornal La Nación revelou documentação que apontava envolvimento de Marco Trovato com a casa de apostas Aposta.La. A situação gerou uma apuração detalhada por parte da Comissão de Ética da Associação Paraguaia de Futebol (APF). O intuito foi descobrir se havia um “conflito de interesses”.

Em janeiro deste ano, uma denúncia formal foi feita com detalhes, como ofertas a jogadores com quantias altas de dinheiro para manipulação de resultado que pudessem beneficiar o Decano entre a metade de 2018 e o final do ano passado. A acusação ainda abrangia mensagens e até registros de pagamento de Trovato.

Em sua defesa, o presidente do Olimpia afirmou que era vítima de um complô. No começo do mês, ele concedeu uma entrevista a Rádio Monumental 1080. “Com a informação que temos dos personagens que estão envolvidos nesse tema e que armaram um complô contra nós, me parece que a bandeira da Suíça (país onde fica a Corte Arbitral do Esporte) vai terminar caindo no campo deles”, frisou.

Ainda segundo Trovato, “um complô que se armou onde há gente envolvida comprando provas falsas, eles apresentaram provas falsas e nós temos fotos e vídeos das pessoas comprando, envolvidas com outros clubes. Quando chegar o momento, teremos a sorte de demonstrar as pessoas o grande trabalho dessa Comissão Diretiva. A FIFA nos pede uma confidencialidade porque há uma investigação paralela muito importante”.  

This post is also available in: English (Inglês)