Coljuegos Muda Regulamentos Para Permitir Apostas em Esportes Virtuais

Coljuegos, a agência reguladora de jogos da Colômbia, modificou o regulamento do jogo online para permitir apostas em eventos virtuais.

Ao modificar o contrato 04 de 2016, os eventos que incluem gráficos animados representando um evento real ou a coleção de cenas correspondentes a eventos reais desenvolvidos anteriormente, agora são considerados jogos virtuais.

Confira as novas normas aprovadas pela Coljuegos

De acordo com o regulamento, nenhuma aposta será permitida durante o evento e “jogos virtuais cuja representação gráfica represente loteria ou jogos numéricos não serão autorizados”.

Dessa forma, os operadores de jogos online autorizados pela Coljuegos podem oferecer máquinas caça-níqueis, roleta, blackjack, baccarat, bingo, poker, apostas esportivas e jogos virtuais.

Publicidade

Por meio de um comunicado, a Federação Colombiana de Empresários de Jogos da Sorte e da Sorte (Fecoljuegos), liderada por Evert Montero Cárdenas, comemorou a notícia.

Reiterou, no entanto, que “… ainda está pendente o progresso na implementação do cassino ao vivo, um jogo que potencialmente permitiria, além do crescimento da operação online e da geração de contribuições significativas para o país, oportunidades em tecnologia desenvolvimento e inovação da atividade”.

Pioneirismo da Colômbia

A Colômbia é pioneira na regulamentação do jogo online. Em relação à América Latina, foi o primeiro país da região a regulamentar as apostas online. Wplay.co, betplay.co, zamba.co, mijugada.co, colbet.co, codere.com.co e rushbet.co são algumas das casas de apostas on-line que operam no país.

Em comparação, o vizinho Brasil começou nos últimos meses a se movimentar neste setor com a liberação das apostas esportivas em dezembro de 2018, ainda no governo do presidente Michel Temer.

De lá para cá, a liberação das apostas e do jogo online tem sido discutido com a sociedade civil e representantes do segmento em diversos eventos espalhados pelo território nacional, inclusive em entidades esportivas como a Federação Paulista de Futebol (FPF) e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).