Lei de apostas esportivas é aprovada pelo Parlamento estadual em Washington

Publicado em
 Atualizado em 12/02/2019 às 8h20.
 

A capital Washington, tornou-se o oitavo estado norte-americano a legalizar as apostas esportivas depois que uma votação do conselho aprovou, quase por unanimidade, o projeto de lei 11-2.

É ainda uma legislação de emergência mas que a torna com vigência imediata, e quem elaborará os regulamentos será a D.C. Lottery. Em até 60 dias, o projeto de lei permanente deverá ser aprovado pelo governador Muriel Bowser.

Esse Ato de Emenda da Loteria Esportiva, permite as apostas esportivas digitais e de varejo na capital do país, com impostos competitivos (10% do rendimento) e sem taxas de integridade ou dados.

Animado com a regulamentação, o membro do conselho Jack Evans, confessou aos repórteres que as apostas poderiam começar antes mesmo do início da temporada da MLB, em abril.

Por enquanto, apenas a plataforma da Intralot, da DC Lottery terá a concessão. As principais instalações esportivas da cidade poderão assinar com seus próprios parceiros e assim oferecer apostas móveis dentro de uma zona de exclusividade.

São quatro os locais que podem oferecer apostas até o momento: FedEx Field (capacidade para 82 mil pessoas), Nationals Park (capacidade para 41 mil), Capital One Arena (capacidade para 20.173 espectadores) e Audi Field (capacidade para 20 mil espectadores). As operadoras pagarão 10% sobre a receita bruta recebida em apostas.

Para o mega investidor esportivo e proprietário de duas equipes da cidade (Washington Wizards, da NBA e a Washington Capitals, da NHL) Ted Leonsis, as restrições móveis representavam um “desserviço aos fãs, que não recebiam o benefício da concorrência no mercado”.