Estrela do esporte, Usain Bolt ingressa no setor de eSports ao investir na WYLDE

A WYLDE, uma nova organização de eSports, anunciou que a estrela global do atletismo, Usain Bolt se juntou ao negócio como co-proprietário. Juntamente com sua mentalidade vencedora olímpica e paixão pessoal por jogos, Usain Bolt apoiará a missão da WYLDE de identificar, capacitar e apoiar talentos, adotando um forte compromisso com a diversidade e a inclusão.

Com sede em Dublin, na Irlanda, a WYLDE foi fundada há dois anos por Steve Daly, antigo investidor do JP Morgan, e David Cronin, ex-presidente e executivo-chefe da American Ireland Funds e acionista da empresa de tecnologia irlandesa, a QUMAS.

Tendo se aposentado das pistas de corridas em 2017, Usain se junta à WYLDE em um momento em que os esportes eletrônicos estão se estabelecendo rapidamente como algo essencial para o setor de entretenimento. Como co-proprietário e membro ativo da equipe de liderança, Usain Bolt estará envolvido em uma série de atividades focadas em elevar a crescente marca da WYLDE.

“A WYLDE está em uma jornada para se tornar uma das marcas esportivas que mais cresce no mundo. Nos eSports, como no atletismo, é fundamental ter essa mentalidade competitiva e vencedora. Estou ansioso para trabalhar com a equipe de referência da WYLDE para ajudar nossos jogadores a atingir seu potencial, além de cuidar de seu bem-estar físico e mental”, disse Usain Bolt.

WYLDE já conta com várias equipes vencedoras no segmento competitivo de eSports

Atualmente, a WYLDE tem equipes competindo em Rainbow Six Siege, Valorant, Rocket League e FIFA. A organização já é representada por equipes vencedoras no Reino Unido, Irlanda, Alemanha e França e recrutou jogadores profissionais, atletas iniciantes e criadores de conteúdo em 16 países, refletindo o alcance global dos esportes eletrônicos.

“A entrada de Usain leva a WYLDE para o próximo nível. Com sua vasta experiência competitiva e mentalidade vencedora olímpica, sua orientação será inestimável à medida que continuamos a construir estruturas profissionais para apoiar o desenvolvimento de nossos jogadores”, disse o co-fundador da WYLDE, David Cronin.