Potencial dos Apostadores em eSports no Brasil

O fenômeno desta modalidade esportiva cresceu no Brasil nos últimos anos, mas a taxa de apostadores em eSports ainda é muito abaixo do que poderia ser.

De acordo com o levantamento feito pela Newzoo, o país ocupa a terceira posição em número de fãs deste segmento. Os únicos mercados maiores que o nosso são o da China e Estados Unidos.

Este cenário emergente é sustentado por uma taxa de crescimento de cerca de 18% em relação ao ano anterior, com um volume de audiência realmente assustador, estimado em 7,6 milhões de pessoas. Volume este que é maior que a população adulta de países como Portugal ou Suécia.

Em contrapartida, o valor gerado por esta audiência gigantesca é muito inferior ao mercado Norte Americano. Por lá, um jogador gasta em média cerca de R$64 ($11.80) por ano, já no Brasil o gasto médio fica em torno de R$8,00 ($2.00). Levando em consideração esta análise, potencialmente o Brasil pode ser uma das maiores audiências mundiais, porém o valor gerado ainda é bem inferior do que poderia ser.

Publicidade

Diante deste valor tão baixo, o Brasil que ocupa a terceira posição em volume de audiência, no quesito valor médio por jogador de eSports fica em 13º lugar. Mas isso é possível ser alterado, se o cenário econômico nacional melhorar e as condições de expansão forem favoráveis, poderemos experimentar um aumento significativo no âmbito financeiro.

Contribuição dos Eventos

Imagem da Entrega do Troféu

Os eventos ao vivo promovidos pela ESL são um caso de sucesso claro, em relação ao número de pessoas que se deslocam para assistir as disputas. No ano passado, em um destes eventos na cidade de Belo Horizonte, havia cerca de 10 mil pessoas no recinto, além de alguns milhões assistindo online.

O evento que contou com o patrocínio da BetWay como única casa de apostas, foi realmente um sucesso e trouxe o jogo Counter Strike (CS:GO) com mais força para a região.

Em outra ocasião, compareceram ao estádio do Palmeiras, Allianz Parque, cerca de 12 mil pessoas para acompanhar a disputa de League of Legends (LOL), levando excelentes resultados para a empresa Riot Games, produtora do jogo.

No Mundo das Apostas em eSports

Ainda há operadores que relutam para adicionar para os apostadores em eSports a cobertura de eventos, empresas como a Tempobet ainda não se adaptaram ao cenário, enquanto outras como 1XBET estão acompanhando o crescimento e investindo neste setor.

As apostas nesta modalidade esportiva ainda não representam um volume significante, mas o crescimento é certamente claro e neste ponto é que os operadores apostam.

Um artigo publicado recentemente na revista iGaming Business trouxe informações importantes a respeito desta indústria fantástica que não para de crescer. Uma entrevista exclusiva com Leo De Biase, CEO da ESL Brasil e fundador da Bad Boy Leeroy, revelou dados interessantes a respeito da atual posição do Brasil no cenário mundial e o potencial que o país representa para o futuro.