Studio City Finance emite 350 milhões de dólares em notas adicionais

O Studio City Finance Limited anunciou que fixou o preço de sua oferta internacional de notas seniores de 5% com vencimento em 2029. A oferta consiste em US$ 350 milhões no valor principal das notas adicionais, ao preço de 101,50% do valor principal mais juros acumulados de 14 de janeiro de 2021, mas não incluindo, a data de emissão das notas adicionais.

Em janeiro deste ano, a empresa já havia emitido US$ 750 milhões em notas seniores com os mesmos termos e condições. De acordo com comunicado oficial, a empresa pretende usar os recursos da oferta para cobrir os investimentos relacionados à sua expansão e para propósitos corporativos em geral.

Governo de Macau amplia o prazo para o projeto do Studio City

O Studio City Finance é uma empresa ligada ao Studio City International Holdings Limited, responsável pela operação da propriedade Cotai. O Studio City ganhou mais tempo para terminar a segunda fase do local devido a obtenção de uma prorrogação de sete meses junto ao governo de Macau.

Anteriormente, o prazo do governo se encerraria em 31 de maio de 2022, mas se tornou insuficiente devido ao impacto da pandemia. Agora, a empresa tem que finalizar tudo até o dia 27 de dezembro de 2022. Após a conclusão, o Studio oferecerá aproximadamente 900 quartos e suítes de luxo, um Cineplex, restaurantes sofisticados e um amplo espaço para eventos.

Em comunicado oficial emitido pela Moody’s Investors Service, a corretora considera que a emissão de notas adicionais fornecerá ao Studio liquidez suficiente para dar conta das despesas dos próximos meses.

“O aumento da dívida está dentro de nossa expectativa porque esperávamos que o Studio City Finance financiasse uma parte significativa de seus gastos em larga escala na fase dois”, comentou Sean Hwang, representante da Moody’s.

Hwang acrescentou: “A emissão das notas aumentará a boa liquidez do Studio City Finance, dando-lhe um saldo de caixa suficiente para cobrir os gastos planejados para os próximos 12 meses.”