Empresa cogita construir um cassino na Times Square, em Nova York
Foto: Wikipedia

Uma empresa com projeto avaliado em 2,5 bilhões de dólares na Times Square, em Nova York, pretende lançar um cassino para aportar todo o negócio.

O L&L Holding Co visa a instalação de um cassino na 1568 Broadway, onde a companhia está realizando um projeto que contará com um ambiente de varejo, espaço para eventos ao vivo e um hotel.

A oferta é destinada para operadoras de cassinos que tenham interesse em fechar um contrato de colaboração no negócio, de acordo com uma fonte não identificada.

Com a pandemia do novo coronavírus afetando fortemente os orçamentos corporativos, existe o desejo de ampliar o segmento de jogo e apostas em Nova York, em uma forma de elevar a receita tributária.

O governador Andrew Cuomo está propenso em acompanhar os exemplos de Nova Jersey e outros estados norte-americano a fim de autorizar a realização das apostas esportivas online.

No entanto, os desenvolvedores querem ir além, já que avaliam Manhattan como um mercado com grande potencial para o setor de apostas, a medida que o isolamento social segue impactando negativamente o mercado imobiliário.

L&L Holding Co ainda precisa formalizar projeto junto às autoridades de Nova York

Além disso, a intenção de construir um cassino bem no centro da cidade de Nova York tende a lidar com outros problemas em meio a uma forte adversidade política. Todavia, o jornal New York Times revelou que o L&L não é o único grupo que está analisando esse plano.

Isso porque a Vornado Realty Trust está prospectando a possibilidade de erguer um cassino nas suas propriedades perto do Herald Square. Lembrando que a L&L ainda não levou o seu projeto até os órgãos estaduais. E, o estado pode liberar três novas licenças para cassinos a partir de 2023, só que já existe pressão para antecipar essa data.

Até o momento, as duas empresas preferiram não comentar publicamente as ideias de cassinos em Nova York. Todavia, um empreendimento, chamado TSX Broadway, está projetado para ter 46 andares, com 669 suítes para hotel, palco para apresentações e rede de varejo. O Fortress Investment Group é o grande parceiro do negócio, que deve ser concluído até o fim de 2022.