Las Vegas ganhará majestosa torre com hotel de US$ 850 milhões

Depois de vários atrasos nos últimos dois anos, o novo hotel Majestic Las Vegas está está prestes a surgir no horizonte de Las Vegas, nos EUA.

O projeto é idealizado por Lorenzo Doumani, que está transformando a antiga sede do hotel Clarion. A construção deve começar em julho e durar cerca de três anos.

O Clarion, a dois quarteirões da Las Vegas Strip, foi demolido em 2015 para dar lugar a um novo projeto. Doumani recebeu aprovação para seu hotel em 2019, mas a pandemia atrasou os planos. Agora, a expectativa é que a situação comece a se desenvolver, mesmo que lentamente.

A propriedade contará com 720 quartos e um spa médico. Haverá 35 espaços corporativos, e assim que tudo estiver concluído, com preços variando de US$ 10 milhões a US$ 100 milhões. Esses ambientes ficarão nos últimos andares do prédio, podendo ser utilizados para convenções, exposições, reuniões ou outros eventos.

Essas estruturas tem como objetivo romper com o amplo espaço para eventos tradicionais, normalmente usados para convenções e reuniões. O setor de jogo não foi o único afetado pela COVID-19 em Las Vegas, mas seu mercado de convenções também sofreu fortes prejuízos.

Por isso, Doumani acredita que os espaços menores se tornarão mais atraentes. Ele afirmou ao Las Vegas Review-Journal: “Acho que as pessoas terão muito cuidado com grandes espaços. Não somos um destino turístico típico de lazer”.

Construção do hotel Majestic Las Vegas custará US$ 850 milhões

O Majestic vai custar cerca de US$ 850 milhões e comercializar apenas espaços de negócios de luxo demandaria muito tempo para recuperar todo o investimento.

No entanto, esses ambientes não são a única grande atração da propriedade. O hotel terá uma área voltada para serviços de nutrição, fitness, ioga, atendimentos personalizados e spa médico.

Como muitas outras cidades ao redor do mundo construídas com base na indústria do jogo, Las Vegas está se empenhando para diversificar mais as suas ofertas, todavia convenções e feiras sempre terão uma grande importância para a região.

Mas, Doumani, que acumulou larga experiência em cassinos, ponderou que alternativas sofisticadas são necessárias para a recuperação da economia local. “É hora de Las Vegas oferecer uma opção de luxo para aqueles que visitam nossa cidade e desejam algo que não seja unicamente jogos”.