Cancún-espera-reaquecer-o-turismo-com-a-abertura-de-cassinos

O estado mexicano de Quintana Roo, onde está localizada a cidade turística de Cancún, está programando uma série de reaberturas para retomar a atividade comercial. Por sua vez, em Cancún, anunciaram que se preparam para reabrir os cassinos.

Desde a chegada do COVID-19 ao México, há mais de oito meses, os centros de entretenimento e jogos de Cancún foram fechados.

Enquanto se adaptam aos protocolos sanitários, os 16 cassinos locais aguardam a aprovação da Comissão Federal de Proteção contra Riscos Sanitários (Cofepris) que, deve aguardar até que o estado esteja com Sinal Verde para avaliar a reabertura .

Paralelamente, foram anunciadas as condições que os operadores terão de enfrentar para retomar a atividade. Por um lado, serão estabelecidas as medidas básicas já conhecidas, como a tomada de temperatura, desinfecção constante, uso obrigatório de máscaras faciais e instalação de terminais sanitários com álcool gel.

Por outro lado, será garantida a distância mínima entre clientes e trabalhadores e, segundo a Meganews, as mesas de Blackjack e Paigow permitirão no máximo três jogadores; os da roleta e do pôquer, quatro; as de cartas, seis, e as de dados, oito. Após quatro horas de jogo contínuo, as cartas, fichas e dados serão substituídos ou desinfetados.

Outra atitude a ser tomada, é que os cassinos serão proibidos de oferecer serviços de comida e bebida, a menos que haja restaurante ou bar ao ar livre.

No início do ano, quando foi decretado o fechamento dos cassinos por conta da pandemia, o Congresso de Quintana Roo modificou a Lei de Renda estadual para isentar de impostos quem investir mais de 40 milhões de pesos para estabelecer cassinos na entidade em 2020.

O legislador local esclareceu que a partir de 2021 os beneficiários passarão a pagar seus impostos de acordo com a lei.