Cassinos da França com reabertura prevista para 15 de dezembro
Foto: AB2L

Após um segundo período de fechamentos forçados pelo aumento dos casos da COVID-19, os cassinos da França devem reabrir suas portas a partir do dia 15 de dezembro, de acordo com informações divulgadas pelo sindicato ‘Casinos de France’.

A França está em seu segundo bloqueio nacional desde o dia 30 de outubro, durante o qual apenas lojas essenciais foram autorizadas a permanecer abertas. As instalações de jogos, como cassinos, casas de apostas e salas de bingo foram forçadas a suspender as suas atividades e permanecer fechadas.

Cassinos da França terão novo protocolo de segurança

O processo de reabertura será realizado a partir de um protocolo de saúde e segurança. O Casinos de France disse que os cassinos estão preparados para ir “ainda mais longe na proteção de clientes e colaboradores” do que após o primeiro momento de quarentena.

Os cassinos irão implementar restrições de capacidade e exigir registro obrigatório para permitir a rastreabilidade dos casos, entre outras medidas. O Casinos de France detalhou o impacto negativo dos períodos de fechamentos na indústria francesa, que representa 15 mil empregos diretos e 45 mil indiretos.

A entidade também pontuou que o bloqueio causou um aumento no uso de operadoras online não licenciadas, deixando clientes vulneráveis ​​sem a devida proteção da regulamentação do jogo responsável.

Recentemente, a France Galop previu que um fechamento contínuo custaria ao segmento francês de corridas de cavalos cerca de € 30 milhões.

O órgão regulador das corridas de cavalos atribuiu essa perda ao fechamento das casas de apostas, apesar das corridas terem continuado durante o segundo momento de suspensão das atividades na França.

Efeitos do coronavírus na França

A França já contabilizou 2,1 milhões de casos positivos do novo coronavírus com mais de 51 mil falecimentos. A nível mundial, os casos já passaram da marca de 61 milhões com 1,4 milhões de óbitos.