Primeiro Cassino em Miami Reabre Com Filas para Entrada de Clientes
Foto: YogoNet

Quando o prefeito de Miami-Dade, Carlos Giménez, comunicou as novas medidas para reabertura de estabelecimentos, em 13 de maio, ele não deu permissão aos cassinos. Mas quatro dias depois, um cassino em Miami operado pela tribo Miccosukee, anunciou seu retorno nas redes sociais e gerou grande expectativa.

No dia da reabertura, as filas quilométricas de veículos se formaram por horas para acessar o complexo. Mas, o estado da Flórida ainda não está fora de perigo devido à pandemia, pois atualmente há mais de 50.000 pessoas infectadas com coronavírus, além das mais de 2.200 mortes. E o Condado de Miami-Dade, o mais afetado no estado, registra 17 mil casos positivos e quase 700 mortes.

Em uma entrevista coletiva, o líder da tribo Miccosukee, Billy Cypress, expressou seus agradecimento aos jogadores que não tinham medo de visitar o cassino, mesmo que o controle da pandemia ainda não tenha sido alcançado no estado.

Por sua parte, o prefeito de Miami-Dade declarou que “sabemos que o Miccosukee Resort & Casino foi reaberto. O Condado de Miami-Dade não tem jurisdição sobre terras tribais, mas gostaríamos de lembrar aos moradores que seguissem as diretrizes dos Centros de Controle de Doenças, se forem ao cassino”.

Funcionamento normal do Miccosukee Resort & Casino (Foto: Miami Herald)

Novo padrão de funcionamento de cassino em Miami

O cassino, embora localizado no condado de Miami-Dade, não está infringindo a lei. As tribos Miccosukee e Seminole, também com sede na Flórida, são nações soberanas, portanto, autoridades do condado e do estado não têm jurisdição sobre suas propriedades.

Favorecido por essa circunstância, o cassino da tribo Miccosukee foi o último a encerrar suas atividades há pouco mais de um mês, apesar de dias antes, o prefeito Giménez já ter assinado uma ordem executiva para o fechamento de todos os negócios não essenciais.

Na semana passada, o cassino abriu suas instalações de acordo com os novos regulamentos de segurança para tentar impedir a propagação do coronavírus entre os jogadores. De fato, a razão pela qual as longas filas se formaram para acessar o cassino se deveu às medidas tomadas pela empresa.

O protocolo determinou que há apenas uma entrada e saída, para que o fluxo de tráfego de visitantes seja substancialmente menor. No momento, a capacidade do cassino está limitada a 25%, de modo que não pode haver mais de 500 pessoas dentro. E, todos os presentes tem a temperatura medida ainda em seus carros.

“Conseguimos abrir nossas portas cumprindo todas as etapas de segurança. Pedimos ao público em geral, e aos membros de nossa comunidade em particular, que sigam nossos protocolos de segurança”, disse o presidente da tribo.

Outros cassinos devem reabrir em breve

Além disso, a tribo Seminole, que tem vários cassinos nos condados de Broward e Hollywood, também já planeja a abertura de suas propriedades.