Kamala Harris pode ser a salvação do Partido Democrata
Imagem: Wallpaper Cave / edcograf

Joe Biden não é mais o nome favorito das casas de apostas do Partido Democrata para enfrentar Donald Trump nas eleições americanas desse ano. A sua vice, Kamala Harris, superou as intenções no mercado de apostas.

O atual presidente sofreu uma queda acentuada desde o debate da semana passada contra Donald Trump. Biden tem apenas 9,7% de chances, enquanto Harris disparou para 17,5% na última terça-feira (2).

Kamala Harris melhora situação, mas Trump ainda é favorito

Os dados são do agregador Real Clear Politics, que compila informações de sites como BetOnline, Betfair, Bovada, Polymarket, PredictIt e Smarkets.

Na véspera do debate, Biden estava com 35,5%, mas caiu para 19,2% logo após o evento. Desde então, sua popularidade não voltou a subir no mercado de apostas.

O governador da Califórnia, Gavin Newsom, chegou a crescer rapidamente após o debate, mas seu nome também caiu após um breve pico. Na última segunda-feira, Kamala Harris contava com apenas 4,3%. No entanto, o favorito no mercado de apostas continua sendo o republicano Donald Trump, que lidera com 56,2%.

De acordo com uma fonte do New York Times, o Joe Biden teria confidenciado a um aliado importante que teria que convencer o público rápido de que tem condições de enfrentar Trump.

Pois, se não fizer isso, está arriscado de perder a sua candidatura. O alerta vermelho veio depois do fraco desempenho no debate da semana passada.

A fonte falou sob condição de anonimato ao jornal. Após a publicação da reportagem, a porta-voz da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, afirmou a repórteres que o presidente “definitivamente não se retirará da disputa”.

Futuro de Biden

Biden, terá dois eventos cruciais que podem determinar seu futuro na corrida presidencial e passar confiança ao público:

  • Uma entrevista agendada para próxima sexta-feira (05) com George Stephanopoulos, da ABC News
  • paradas de campanha na Pensilvânia e em Wisconsin

De acordo com esse mesmo aliado, fonte do New York Times, Biden se mostra profundamente envolvido no seu processo de reeleição. 

“Ele sabe que se tiver mais dois eventos como esse, estaremos em um lugar diferente até o final do fim de semana”, disse o aliado, referindo-se ao desempenho hesitante e sem foco de Biden no debate.

O impacto das apostas na corrida eleitoral

O mercado de apostas reflete uma mudança significativa nas perspectivas eleitorais, destacando a volatilidade e a importância dos debates na campanha.

Kamala Harris, com sua ascensão nas apostas, agora se posiciona como uma figura central na corrida democrata, enquanto Biden luta para recuperar terreno. Donald Trump, por sua vez, mantém-se firme na liderança entre os apostadores, indicando que a corrida presidencial deste ano será intensamente disputada.

Essa movimentação nas apostas pode influenciar não só a percepção pública, mas também as estratégias de campanha dos candidatos nas próximas semanas.