Formula-1-entra-no-Top-5-de-esportes-mais-apostados-no-Brasil-1.png

Neste fim do semana, o GP de São Paulo de Fórmula 1 acontece em Interlagos e estimativas da Prefeitura da capital paulista indicam que a competição movimentará cerca de R$ 1 bilhão, ativando principalmente os setores de turismo e negócios. Assim como outros esportes, a Fórmula 1 já conquistou seu espaço nas casas de apostas ao redor do mundo.

Nos últimos anos as apostas esportivas ganharam muita tração no Brasil. E essa evolução não é somente no futebol, já que a Fórmula 1 agora faz parte da lista das cinco modalidades com maior volume de apostas no País.

O CMO do Galeta.bet, Ricardo Bianco Rosada, explicou esse crescimento: “Embora o público brasileiro ame futebol e concentre uma enorme quantidade de apostas nesse esporte, a Fórmula 1 tem um público muito fiel e isso é observável nas apostas, especialmente quando se leva em consideração que acontecem muito menos eventos da modalidade em uma temporada que, por exemplo, jogos de basquete, futebol ou vôlei”.

“E mesmo com o fato de já termos a definição do piloto campeão diminuir potencialmente o interesse do público no evento, a prova brasileira aumenta a importância da corrida para o público local”, acrescentou o CMO.

Neste ano, a Fórmula 1 completará 22 Grandes Prêmios, o que comparado a outros esportes, é um número de eventos pequeno; por exemplo: um único time de futebol no Brasil realiza cerca de 70 partidas em um ano. Por conta disso, a Fórmula 1 fica atrás de modalidades como futebol, vôlei, basquete e tênis, mas ainda se mantém firme em sua posição com os Grandes Prêmios.

O diretor comercial da Esportes da Sorte, Daniel Trajano, comentou sobre o impacto e crescimento do esporte automobilístico: “A mídia em cima do GP de São Paulo é muito impactante e leva os apostadores a procurarem muito mais a modalidade”.

“Consultando dados retroativos a 2021, identificamos que a prova no Brasil teve uma procura 100% maior do que qualquer outro GP da temporada passada. E o que constatamos e pode ser frisado é que a Fórmula 1 tem interesse crescente entre os apostadores brasileiros, mantendo uma média de mais de 10% de acréscimo mensal (sempre em comparação ao mês anterior)”, completou Trajano.

Tal crescimento da Fórmula 1 reforça a posição de um mercado que não para de crescer no Brasil. As apostas esportivas têm uma alta taxa de engajamento no país, com um público apaixonado pelo esporte e sempre disposto a dar seus palpites. Agora, a modalidade aguarda apenas a regulamentação, que deverá se tratada pelo governo Lula em 2023.