Apostas-esportivas-sites-relatam-crescimento-do-publico-feminino-em-2022-1.png

O site de apostas esportivas galera.bet – um dos principais no cenários brasileiro – realizou um levantamento que comprova o aumento no número de palpites entre o público feminino. Segundo a marca, quando começaram as suas atividades, em 2021, a média de mulheres era parecida com a do restante do mercado, de 18%; e agora esse número é mais do que o dobro, de 38%.

O CMO da empresa, Ricardo Bianco Rosada, comentou alguns pontos que podem explicar isso. Entre eles, está a publicidade envolvendo artistas, jogadoras de futebol e, principalmente, o patrocínio às equipes de futebol feminino. Está sendo realizada também uma comunicação mais transparente, sem grandes promessas e respeitando conceitos de jogo responsável neste mercado recém formado.

Ricardo afirma: “O futebol feminino entrou em outro patamar nesses últimos anos e o investimento das marcas em equipes, como no nosso caso, que podemos falar com propriedade por causa da parceria com o Campeonato Brasileiro feminino e o time feminino do Corinthians, desperta um interesse maior”.

O Esportes da Sorte, outro site de apostas esportivas reconhecido no Brasil, citou que a porcentagem atingida neste ano entre as apostadoras mulheres foi ainda maior, saltando para 43,8%. Em 2021, a casa apresentou uma média de 36%.

O que chama a atenção na plataforma do Esportes da Sorte é a divisão das faixas etárias predominantes, que vai desde o público mais jovem até os mais velhos. Confirar:

  • Entre 18 e 24 anos – 34%;
  • Entre 25 e 34 anos – 45,3%;
  • Entre 45 e 54 anos – 15%;
  • Mais de 55 anos – 5,2%.

Daniel Trajano, diretor comercial da Esportes da Sorte, argumentou sobre o aumento: “Entendemos que uma série de fatores levaram a esse aumento, entre eles, a chegada do PIX, que deu acesso instantâneo nas operações, uma quantidade significativa de influenciadoras mulheres e famosos fazendo parcerias com as plataformas de apostas, e a publicidade em televisão e redes sociais”.

Rosada, do galera.bet, comenta ainda que a expansão significativa da publicidade em torno das casas de apostas foi outro fator fundamental para esse aumento: “As propagandas de televisão em torno das casas de apostas cresceu assustadoramente nos últimos anos, e isso, de certa forma, chamou mais atenção daquelas mulheres que não conheciam apostas esportivas”.

“Aliado a introdução do PIX, que facilitou as transações financeiras, as pessoas ficaram em casa por um longo período e tiveram a oportunidade de conhecer novas formas de entretenimento”, complementa o executivo da galeta.bet.