Maverick Gaming reiteira apoio à novas regras para apostas em casas de jogos em Washington

A Maverick Gaming está apoiando novas regras que conflitam com o projeto de lei que legalizaria as apostas esportivas somente nos cassinos administrados por tribos no estado de Washington, nos Estados Unidos.

De acordo com o SBC Notícias, a empresa argumentou que está do lado de leis que permitem apostas esportivas em salas de jogos atualmente licenciadas e pistas de corridas. Já que geraria mais postos de trabalho e receita depois da crise econômica causada pela pandemia.

A receita de impostos sobre jogos para jurisdições regionais deve crescer cerca de 35% com o projeto. O projeto de lei bipartidário SB 5212, idealizado pelos senadores estaduais Curtis King e Marko Liias, estabelece que somente casas de jogos e pistas de corridas regulamentadas poderiam solicitar licenças para apostas esportivas.

Além disso, cada licença (cada local precisa ter a sua própria licença) poderia custar até 100 mil dólares em função da taxa de licenciamento, visando a manutenção de um sistema de regulamentação adequado e focado na segurança e integridade. Uma taxa estadual de 10% seria pedida junto as operadoras em cima das receitas brutas das apostas.

O projeto impede qualquer aposta em campeonatos universitários no estado de Washington ou com equipes estaduais. A proposta também proíbe jogos em esportes eletrônicos, eventos escolares e jogos competitivos de videogame.

A Legislatura de 2020 primeiro liberou as apostas em Washington, oportunizando um sistema exclusivamente para cassinos de propriedade tribal, apesar, diz Maverick, do amplo público para um sistema que estabeleceria novas receitas locais e estaduais, incluindo salas de jogos do segmento privado.

Enquanto as tribos que procuram formas de fornecer apostas estão se mobilizando para terminar os termos de jogos e, uma vez finalizados, poderão oferecer o serviço, possivelmente no decorrer deste ano.

CEO reforça posicionamento da Maverick Gaming

O CEO e cofundador da Maverick Gaming, Eric Persson afirmou: “2020 foi um ano extraordinariamente desafiador para nossos colegas de equipe e todas as comunidades onde operamos, mas continuamos comprometidos em investir em Washington”.

Ele acrescentou: “Enquanto as autoridades seguem lidando com a devastação causada pela pandemia, a Maverick Gaming apóia a SB 5212 porque apresenta uma abordagem que irá gerar oportunidades econômicas para nossa força de trabalho e ajudar a desencadear esforços de alívio à pandemia, contribuindo com milhões de dólares em impostos para programas locais e estaduais”.

Segundo a empresa, o projeto está conquistando apoios relevantes, com o Conselho de Trabalho do Estado de Washington incentivando a aprovação porque tende a criar vagas de trabalho e novas oportunidades para cozinheiros, revendedores, seguranças, entre outros setores.

A Maverick Gaming, que já colabora com cerca de 13 milhões de dólares por ano para as comunidades onde opera, acredita que existe espaço para todas as modalidades de jogos operarem de maneira regulada e licenciada, tanto em casas comerciais quanto em cassinos tribais.