Brasileirão Reunião Definirá Venda de Direitos Para Retransmitir Jogos Para Casas De Apostas
Foto: CBF

Um encontro com representantes dos times deve finalizar a venda referentes aos direitos para retransmitir jogos para casas de apostas e ao exterior do Brasileirão, nesta terça-feira, 14.

As equipes devem avaliar seis ofertas. A tendência é que escolham a proposta que garantir antecipação das cotas, uma vez que outros ganhos estão congelados neste período devido a pandemia de coronavírus. A preferência deve ser dada para o negócio que oportunizar mais recursos a curto prazo.

De acordo com a Máquina do Esporte, todas as ofertas contemplam os direitos de exibição internacional e os direitos para retransmitir jogos para casas de apostas.

A adição deste quesito depois da licitação realizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no ano passado, que contemplava unicamente os direitos de mídia, resultou na saída da SportPromotion, bem como na desistência de integrar a atual disputa pelo Brasileirão.

“A gente tem propostas consistentes, que têm sido acompanhadas por uma comissão técnica que está avaliando os projetos. Eu acredito que a gente tenha nos próximos dias uma resolução desse processo”, declarou o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani para o site Máquina do Esporte.

Conforme o dirigente do clube baiano, o martelo deve ser batido, nesta terça-feira, abrangendo os direitos de exibição da primeira e da segunda divisão de futebol nacional.

Além disso, os dirigentes também tendem a definir o prazo para pagamento na reunião. O valor total será dividido de forma igualitária para todos os times em cada divisão.

“Em cada uma das séries já há a conclusão de que haverá uma divisão linear do dinheiro entre todos os clubes. Não é uma quantia significativa nesse primeiro momento, mas é um passo importante para a projeção do futebol brasileiro lá fora”, frisou Bellintani.

Propostas pelos direitos para retransmitir jogos para casas de apostas e para exterior

Vale salientar que a lista de ofertas repassada a CBF conta com os projetos do canal NSports em conjunto com a companhia especializada em apostas Stats Perform, da plataforma de estatísticas Sports Radar, e ainda Pitch International e Lagardère.

Algumas das propostas para aquisição dos direitos do Campeonato Brasileiro oferecem o repasse imediato do dinheiro para as equipes brasileiras, enquanto outras ofertas vinculam o faturamento de acordo com às negociações no exterior.