O Tipster Fernando Verchai será um dos painelistas da SPAC 2019 (São Paulo Affiliate Conference), realizado em São Paulo no dia 11 de dezembro.

O evento, que ocorrerá no Allianz Parque, contará com os principais nomes do mercado de marketing de afiliados do Brasil e do mundo.

Verchai dividirá o palco com Sebastian Perrier (Diretor na iGamingLatam) e Angelo Alberoni (Proprietário do Betzilian) no Painel denominado “Passo a passo de como se tornar um afiliado” que terá como moderador o Co-Fundador da Super Afiliados, Alessandro Valente.

Aproveitamos a propícia ocasião para bater um papo com o Tipster e entender melhor esse mundo, as dificuldades encontradas da profissão e seus projetos futuros.

Fernando-Verchai-Fala-sobre-a-Profissão-de-Tipster-no-Brasil-e-de-sua-Participação-no-SPAC-2019
Fernando Verchai e suas premiações pelos recordes de vendas do seu produto.

Leia abaixo a Entrevista na Íntegra de Fernando Verchai

iGaming Brazil: Conte um pouco sobre o projeto Fernando Verchai FC.

Fernando Verchai: O Fernando Verchai FC é o produto mais vendido no Brasil e um dos mais vendidos do mundo no ramo de apostas, investimentos esportivos.

Só passo para meus alunos os investimentos que eu mesmo faço. É uma média de trinta investimentos por mês, rigorosamente selecionados. Existem erros sim, mas eu acerto mais do que erro e então consigo deixar meus alunos no lucro. Os investimentos são entregues pelo WhatsApp e acompanha um texto onde deixo minha visão e motivos para investir em determinado jogo.

Todos os alunos fazem o investimento com “dois ou três cliques” de maneira rápida. Não é preciso acompanhar o jogo em tempo real.

O projeto leva o meu próprio nome, meus próprios investimentos e tudo o que aprendi em mais de dez anos neste ramo, desta forma é um trabalho extremamente sério e qualificado

iGaming Brazil: Como você se tornou Tipster?

Fernando Verchai: Há mais de dez anos atrás eu sempre jogava na Loteca (loteria esportiva) e realmente pesquisava os jogos antes de fazer a aposta. Nesta pesquisa pela internet, acabei encontrando uma casa de aposta (naquela época não tinha nenhuma divulgação disto aqui no Brasil). Imediatamente vi que seria muito mais fácil eu lucrar em uma casa de aposta do que na Loteca, então comecei a pesquisar mais sobre o assunto.

Alguns dias depois encontrei o fórum do Aposta Ganha, um site português que possuía várias dicas. Comecei a frequentar diariamente, participar dos concursos do site e encontrar pessoas que viviam disto. Após alguns meses fiquei sabendo que um empresário de Portugal estava abrindo um site e que precisaria de pessoas para escrever análises de jogos, então me candidatei e graças a Deus fui contratado.

Até hoje trabalho com ele (Paulo Faustino), e com o tempo fui conseguindo trabalhar também em outras empresas e grandes sites europeus e brasileiros. Nestes mais de dez anos que se passaram, aumentei muito meus contatos, abri empresa (tenho mais de 20 pessoas na minha equipe), venci o Cartola – Globo Esporte (superando milhões de adversários), e abri o projeto com meu próprio nome, Fernando Verchai FC, onde milhares de alunos recebem meus próprios investimentos e entre acertos e erros, conquistam lucro junto comigo.

iGaming Brazil: Quais as dificuldades que um Tipster encontra no Brasil?

Fernando Verchai: O grande detalhe é que precisamos torcer para que tudo fique cada vez mais prático e popular, ou seja, na Europa é possível fazer aposta na frente do estádio (em um local apropriado, gerenciado por uma casa de aposta), mas até o momento isto não existe no Brasil. Se tivermos acesso mais prático e uma divulgação maior ainda, então tudo vai ficar melhor. Apesar disto, ainda assim atualmente é perfeitamente possível apostar pela internet.

iGaming Brazil: Quais as diferenças da profissão de Tipster no Brasil se comparado a outros países?

Fernando Verchai: Além da praticidade e divulgação (como eu disse na pergunta acima), em outros países as apostas esportivas já são bem conhecidas, encaradas como investimento, profissão etc. Aqui no Brasil ainda existem dúvidas e confusões entre o que é loteria, jogo do bicho, cassino, poker ou apostas esportivas. Uma coisa é totalmente diferente da outra. Acredito que em breve a população estará mais bem informada, entendendo que isto realmente é uma profissão.

iGaming Brazil: Como você vê o mercado de afiliados na sua área?

Fernando Verchai: Vejo como um ótimo mercado, o qual certamente vai crescer muito, pois o interesse pelas apostas esportivas aumentam cada vez mais.

iGaming Brazil: Quais são seus projetos futuros?

Fernando Verchai: Desejo fazer novas parcerias, impactar mais pessoas, continuar levando lucro para meus alunos e mostrar para a população que a aposta esportiva pode ser encarada profissionalmente, sendo então uma ótima fonte de renda.