Sportsbet.io Terá Logo Exposta na Omoplata da Camisa do Flamengo
Foto: Divulgação

Com a aprovação da lei 13.756, em dezembro de 2018, as companhias de apostas esportivas estão cada vez mais presentes no mercado nacional. Recentemente, o atual líder do Campeonato Brasileiro acertou a ampliação do seu contrato de patrocínio com a Sportsbet.io. A partir de agora, o site de apostas terá logo exposta no uniforme rubro-negro.

Nos últimos três meses, a parceria se limitou a conteúdo em várias plataformas de mídias e ativações digitais. O acerto contava com uma quantia fixa e outra variável, que dependia muito do engajamento da torcida do clube carioca. Devido ao sucesso da iniciativa, a Sportsbet.io optou por aumentar a parceria com o clube.

De acordo com o CEO da companhia, Tim Heath, os resultados foram positivos e o caminho natural foi dar continuidade a ação. Além disso, a excelente fase vivida pelo clube dentro de campo também contribuiu para impulsionar a participação do torcedor. Afinal, o Flamengo está na liderança isolada do Campeonato Brasileiro com 10 pontos de vantagem para o segundo lugar, Palmeiras, bem como está na semifinal da Libertadores da América.

Já o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim aproveitou a nova etapa da parceria para agradecer ao engajamento da torcida e voltou a convidar a todos para conhecer a plataforma do site de apostas parceiro.

Vale salientar que o Sportsbet.io já é patrocinador máster do Watford, clube que disputa o Campeonato Inglês. Todavia, os termos e valores referentes ao contrato com o time brasileiro não foram anunciados. A única informação repassada pelo Flamengo é que foi o maior acerto pela omoplata já realizado na história rubro-negra.

Saiba mais sobre a Sportsbet.io

O Sportsbet.io é um empreendimento do segmento de apostas esportivas criado em 2016, sendo integrante do Grupo Coingaming. Hoje em dia, a companhia contra com uma plataforma multi-moedas para receber apostas e jogos de cassino online até em criptomoedas e possui escritórios na Estônia, Reino Unido, Ucrânia, Filipinas, Brasil e Malásia.