CIRSA Obtém Subsídio para Aquisição da Sportium

A Autoridade de Concorrência e Mercados da Espanha (CNMC) agora permitirá que o Grupo CIRSA tenha o poder de adquirir a casa de apostas Sportium, o que concede ao operador de Blackstone o direito de comprar a participação de 50% da Ladbrokes na joint venture.

A CNMC foi forçada a rever a aquisição pendente da CIRSA da participação da Ladbrokes na JV, que totalizou € 70 milhões (cerca de 300 milhões de reais). Isso faria com que a CIRSA ganhasse o controle da maior rede de apostas da Espanha, composta por 3.000 pontos de apostas no varejo.

Em sua análise da transação, a CNMV declarou que a CIRSA havia esclarecido algumas preocupações, estabelecidas pelas leis espanholas e pelos padrões comerciais do ECV, referentes a ‘escopo de concorrência’, ‘preço de mercado’ e também ‘restrições potenciais de concorrentes’ ou “infrações dos consumidores”.

Acordo entre a CIRSA e a CNMC

Após as análises de mercado, a CNMC permitirá que a CIRSA compre 50% da Ladbrokes da Sportium, uma empresa espanhola de apostas esportivas. Ao optar por evitar uma batalha legal, o proprietário da Ladbrokes, a GVC Holdings, confirma que estaria transferindo o patrimônio da casa de apostas na Sportium, onde eles concordaram em uma liquidação em dinheiro de € 70 milhões.

Publicidade

No entanto, antes do acordo, a governança da CIRSA havia aberto uma ação judicial contra a GVC em Madrid, na Espanha. Na qual exigiam que o grupo de apostas da FTSE fosse forçado a vender a participação da Ladbrokes na Sportium, já que seu acordo com a JV havia sido drasticamente alterado pela aquisição da GVC de 4 bilhões de libras esterlinas.

Finalmente, depois de chegar a um acordo, a CIRSA continuará a utilizar as provisões de apostas da GVC como o principal parceiro de tecnologia da Sportium. Lembrando que esta é a marca que o grupo de private equity dos EUA, Blackstone, procura estabelecer como o principal domínio de apostas esportivas da CIRSA nos mercados emergentes da América do Sul.