Luciana-Hendrich-'Tenho-Operadores-com-Estratégias-Agressivas-para-2020'

A advogada e jornalista Luciana Hendrich é sócia-fundadora da Hendrich Digital Content, empresa de conteúdo digital e com vasta experiência no mercado de gambling.

Em parceria com jornalistas, publicitários, tradutores e advogados, a Hendrich Digital Content se especializou em intermediação de contratos de mídia e marketing e de espaços publicitários, além de tradução de contratos, NDA, sites, aplicativos para mobile e tablet de empresas que vêem no Brasil oportunidades de negócios e de se estabelecer.

A empresa, com sede no Rio de Janeiro, tem como expertise de quatro anos principalmente o mercado de igaming, gambling, games e todo tipo de serviço relacionado.

A carioca de 38 anos foi também, uma das organizadoras do Seminário Internacional de Jogos Online (Abrajogo), evento realizado no Rio de Janeiro, que teve ampla cobertura da iGaming Brazil.

Aproveitamos essa cobertura para conversar com Luciana sobre o evento, regulamentação do jogo e sua empresa.

Leia abaixo a Entrevista de Luciana Hendrich na Íntegra:

iGaming Brazil: De onde surgiu a ideia de fazer um Seminário sobre Apostas?

Luciana Hendrich: A ideia surgiu na Audiência Pública de Brasília que nós tomamos ciência que havia muita coisa ainda para ser falada e debatida e que os operadores precisavam desse contato mais próximo com os parlamentares e o contrário também, porque nós vimos que os parlamentares tinham muitas dúvidas sobre por exemplo: em que condições os operadores viriam, o que é necessário fazer para ter uma lei atrativa e lá nós tivemos essa ideia.

Então pensamos em montar uma Associação onde os operadores vão trazer os desejos deles, nós conseguimos unificar essa voz e entrar em contato com os parlamentares. A ideia é unificar a voz pois, cada aciona o Governo, faz seu lobby, do que gostaria, só que às vezes as vontades são diferentes e é difícil para o parlamentar que não entende tanto do tema, ouvir aquelas dez, vinte demandas diferentes então pensamos em unificar a voz, facilita para eles e agora, no final do evento vamos redigir um documento com as bases do que a gente acha, de tudo o que foi falado com o intuito de agilizar uma lei que atenda as pessoas porque se a lei não atender, como foi falado aqui muitas vezes, eles não vem.

iGaming Brazil: Como foi criada a Associação?

Luciana Hendrich: Nós abrimos convite para os operadores que tivessem o interesse de associar de alguma forma, seja como um associado ou como um membro mantenedor. Esses são os operadores e as pessoas que prestam serviço para esse mercado, então nós juntamos essas pessoas. Operadores e prestadores de serviço.

iGaming Brazil: Que balanço você faz após terminado o evento?

Luciana Hendrich: Eu gostei muito, foi muito positivo! É claro que nossa estrutura é pequena, nós não somos organizadores de evento mas correu tudo bem, ouvimos muitas respostas positivas para o evento mas o que eu achei principal foi que por ser um evento pequeno, tínhamos 64 pessoas na sexta-feira, o contato foi muito estreito entre parlamentares, operadores, prestadores de serviço então houve realmente uma troca.

Vimos aqui o que não vemos em evento nenhum que, por exemplo, um parlamentar levantar a mão e pedir a palavra no meio do painel e ficar em pé ao lado do palco conversando com o operador e os dois trocando ideia, isso foi muito rico porque realmente as pessoas tiraram suas dúvidas e agora os associados e interessados em se associar estão numa reunião e veio até um operador me perguntar sobre como entrar em contato com um parlamentar, eu o levei até a sala onde estava o parlamentar e eles conversaram. Esse acesso, que é difícil ficou totalmente facilitado, resumindo, achei muito positivo, gostei muito!

iGaming Brazil: Você acredita que tenhamos novas edições do Seminário?

Luciana Hendrich: Eu e o Witoldo já estamos conversando sobre um novo Seminário para daqui há seis meses. Acredito que seis meses é um bom tempo pois nesse período, o que antigamente não acontecia nada, hoje em dia seis meses muita coisa acontece, então acredito que consigamos sim escolher um tema, focar num tema específico para fazermos um novo seminário e discutir pois haverá a lei e mesmo depois dela aprovada, ela tem que ser ajustada porque é o cotidiano que faz as leis irem se adaptando realmente à realidade então a demanda pelo seminário vai haver sempre, ou seja, sempre vai haver alguma coisinha para adequar então vamos fazer um novo seminário porque eu achei que esse modelo, com poucas pessoas e uma certa informalidade no cerimonial foi muito bom.

iGaming Brazil: Como está a procura dos operadores com a sua empresa? Houve um aumento?

Luciana Hendrich: Conversei aqui no evento com mais dois clientes, são mais dois que tenho contrato mas o marketing só começará em 2020. Eu não posso citar os nomes por uma questão de estratégia deles. São empresas de apostas esportivas, loterias, tem de tudo, mas eles têm essa estratégia até que lancem a marca no país.

Mas o que posso te falar é que tenho cinco, já com a estratégia de marketing pronta, só esperando virar o ano porque eles querem começar em janeiro de 2020, inclusive, tem um que tem uma estratégia de marketing brutal, agressiva.

Eu não vejo receio das empresas com relação à aprovação da lei. Antigamente todas tinham esse receio, hoje eu não percebo isso, tanto que eu tenho cinco assinados, fechados, contratados, que já estamos fazendo a estratégia de marketing. Fora os que já estão aqui, tenho outros cinco preparados, daqui hoje, três vieram falar comigo.

Acho que esse receio acabou. O que faz diferença da lei estar regulamentada ou não, por exemplo, a publicidade não está regulamentada ainda para esse mercado. O que faz diferença é o budget, quanto eles vão investir mas que eles vão investir não tem dúvida mais, a questão agora é o quanto. Porque eles tem o receio de fazer uma campanha de um milhão por mês, por exemplo, aí vem a regulamentação de publicidade e muda isso então o receio deles é o quanto vão investir porque ninguém sabe que tipo de bloqueio pode vir na regulamentação da publicidade, por exemplo, mas receio eu acho que melhorou muitíssimo.

Eu acho que o evento aqui também ajudou muito, porque quando eles viram a vontade dos parlamentares em querer regulamentar tudo eles já vieram me procurar porque eles viram que o Governo tem a preocupação de regulamentar, de fazer uma lei que proteja o jogador, contra a lavagem de dinheiro, com uma taxação atraente então, tudo isso faz diferença.

Seminário Internacional de Jogos Online

O evento realizado no Hotel Grand Hyatt, no Rio de Janeiro, contou com integrantes da Comissão do Esporte, da Subcomissão Especial dos Jogos e Apostas Online e da Frente Parlamentar Mista pela Aprovação do Marco Regulatório dos Jogos, bem como executivos da Agência Reguladora dos Jogos de Malta (Malta Gaming Authority) e outras autoridades brasileiras.

Foram dois dias de debates com painéis que tiveram como propósito a expansão do assunto sobre a Regulamentação do jogo no país.